56% dos consumidores devem gastar o 13º no período entre o Natal e Réveillon

Com a chegada do 13º salário, haverá uma injeção de R$ 232 bilhões na economia, sendo que 56% dos consumidores pretendem gastar esse valor no período entre o Natal e o Réveillon.

Publicidade
Anúncios

13º Salário

compras Natal

No dia 30 de novembro grande parte dos brasileiros recebe a primeira parcela do 13º salário. Esse é um momento bastante esperado, pois além de tirar muita gente do sufoco, colabora para aumentar o giro da economia nesta época do ano.

O pagamento da segunda parcela normalmente acontece até o dia 20 de dezembro, e mesmo que o valor ainda não esteja no bolso dos brasileiros, grande parte das pessoas já sabe o que vai fazer com esse montante.

De acordo com um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviços de Proteção ao Crédito (SPC), em parceria com a Offer Wise, mais da metade dos brasileiros vão gastar o 13º nas comemorações de final de ano.

CARTÃO SANTANDER SX
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SANTANDER SX

SEM ANUIDADE
 
PONTOS
Cartão de crédito Santander SX que pode ser sem anuidade
Você permanecerá no site atual

Dinheiro será menos usado para pagamento de dívidas

Segundo a pesquisa realizada pela CNDL, SPC e Offer Wise, 56% dos brasileiros deverão gastar o 13º salário com presentes e comemorações de Natal ou Réveillon. Somente 16% pretende usá-lo para o pagamento de dívidas.

Anúncios
Publicidade

Além disso, 34% das pessoas entrevistadas disseram que pretendem poupar os recursos. Embora esse dinheiro a mais ajude a aliviar o orçamento de muita gente, a inflação ainda assombra o lar de diversas pessoas.

De acordo com o sócio da BP Money e educador financeiro, Nicolau Eloy, o principal problema hoje dos brasileiros, economicamente falando, é a inflação que deverá fechar o ano acima dos dois dígitos.

Publicidade

Para se ter uma ideia, a gasolina, gás de cozinha, produtos de supermercado ficaram bem mais caros, sendo que o salário não acompanhou a inflação. Por isso, as famílias estão com muito mais dificuldades em pagar as contas no final do mês.


Leia também:


Equilibrar o orçamento é fundamental

Eloy destaca que adiantar as despesas do início de ano com o 13º salário é uma saída bem interessante para tentar equilibrar o orçamento. Afinal, essa é uma maneira de antecipar contas que podem crescer com a inflação.

Só para ilustrar, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mede o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação acumulada nos últimos 12 meses foi de 10,67%.

Publicidade

Esse é o maior índice para um intervalo de um ano desde janeiro de 2016 quando a inflação chegou a atingir 10,71%. Além da inflação, o brasileiro também está preocupado com a Selic que vem sofrendo constantes reajustes de alta.

Os economistas projetam que em 2021 a Selic deverá terminar o ano em 9,25% e para 2022, a expectativa é que ela supere os 11%. Com a taxa Selic alta há preocupações sobre uma possível retração econômica.

13º deve ser usado para planejamento

Segundo Eloy, o momento requer bastante cautela por parte do brasileiro. Por isso, o certo é separar 30% do valor para comprar presentes e o restante fazer a quitação de dívidas ou até mesmo começar uma reserva de emergência.

Publicidade

Ele ainda salienta que quem tem filhos pequenos, é importante já pensar no material escolar para não se ver totalmente apertado no começo do ano. Essa é uma maneira de equilibrar o presente e o futuro.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do 13º salário deverá injetar cerca de R$ 232,6 bilhões na economia, o que equivale a 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB).

Ao todo, 83 milhões de brasileiros serão beneficiados com rendimento adicional em média de R$ 2.539. Portanto, esse é o momento para pensar na melhor maneira de usar o 13º salário para não se atrapalhar depois.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.