6 dicas de segurança para alavancar seu negócio na Black Friday

Com o período pandêmico que vivemos há poucos meses, houve um crescimento considerável no e-commerce de todo o país, bem como pequenas e médias empresas passaram a fazer parte do comércio digital. Saiba mais

Publicidade
Anúncios

Black Friday

Os consumidores passaram a mudar seus hábitos, o digital ganhou mais evidência e adesão. Saber desse cenário e estudar bastante sobre, hoje, é essencial para o novo empreendedor, até para aqueles mais antigos que ainda não aderiram ao comércio digital.

Uma pesquisa feita pela CyberSource, em parceria com a PYMNTS, revelou que 33% dos brasileiros já preferem utilizar o meio digital para realizar suas compras e também, 36% dos mesmos optaram por realizar os pagamentos pelos seus dispositivos móveis, desde o início da pandemia.

Chegando o fim de ano e muitos dos e-comerces presentes no Brasil estão se preparando para o famoso Black Frida. Saiba que para ter um bom aproveitamento nesse período, é preciso saber o que é fundamental nesse período para alavancar suas vendas ao máximo.

LATAM PASS Gold
CARTÃO DE CRÉDITO

LATAM PASS Gold

PONTOS
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Passagens áreas LATAM Airlines em até 10x sem juros. e anuidade grátis!
Você permanecerá no site atual

Por isso, hoje trouxemos algumas dicas para ajudar a sua empresa render bem nesse período. Vamos lá:

Anúncios
Publicidade

1 – Análise de revisões manuais

Mesmo em um grande e seguro sistema de segurança, algumas transações ainda necessitam de aprovação manual. São aquelas transações que aparecem como suspeitas pelo sistema e são minuciosamente analisadas por analistas especializados.

Com a Black Friday, o fluxo de vendas aumentou substancialmente, e por isso, é necessário atualizar o sistema com algumas ações automáticas, visando diminuir o volume de análises manuais, e assim, tornar o processo mais ágil e fácil para o consumidor.

Publicidade

2 – Atenção ao criar contas

É muito comum que o fraudador comece a operar logo na criação de contas. Ao criar uma conta dentro de um e-commerce, ele realiza o cadastro com dados roubados, e assim, depois de algum meses começa a usá-la, de forma sutil. para não levantar suspeitas. Existem algumas técnicas simples para se evitar esse tipo de prática, como a validação de identidade, autenticação de dois fatores, IP, endereço, dispositivos e outros recursos.

3 – Valorização dos clientes fiéis 

É muito importante fidelizar seus clientes mais frequentes, principalmente nessa alta temporada. Usando os dados de transações anteriores é possível criar estratégias para fidelizar esses clientes mais ativos, avisando-os sobre as ofertas, sobre o sua tecnologia antifraude, passando confiança e comodidade.

Em um sistema de segurança eficiente, é possível adicionar dados como: nome, dispositivo, email, endereço de entrega, localização e data.

Publicidade

Porém, ainda assim é preciso muito cuidado, pois os fraudadores podem tentar usar os dados de outras pessoas para sabotar o seu sistema de segurança.

4 – Fazer a testagem das atualizações antes de aplicá-las 

Em períodos como a Black Friday, o consumo no e-commerce sofre um aumento muito significativo, e as empresas costumam atualizar seus sistemas de segurança, a fim de automatizar e facilitar mais as compras. Porém, é muito importante testar todas as novas implementações do sistema, pois assim sua segurança será mais eficiente e seu consumidor terá uma experiência ainda melhor.

5 – Cuidado com os testes de cartão

No Brasil, é muito comum que os fraudadores usem dados de cartões roubados e realizem transações pequenas, de baixo custo e em sites desprotegidos, apenas para testar se o cartão está válido.

Publicidade

Existem algumas práticas para evitar esse tipo de ação, como limitar o número de transações permitidas com o mesmo cartão ou conta, coibir a ação de robôs e, é claro, ter uma solução antifraude bastante eficiente em bloquear esse tipo de ação.

Veja também:

Passar uma boa segurança para o cliente e se proteger das fraudes durante a Black Friday é essencial para um e-commerce que quer elevar suas vendas ao mais alto patamar no período. Por isso, vale  muito apena investir em tecnologias e gestão antifraude.

6 – Cuidado com as fraudes “Amigáveis”

É muito comum que parentes ou amigos façam uma compra com um cartão de alguém da família e não se lembre, e ao chegar a fatura, o nome da empresa de e-commerce pode não ser comum para o dono do cartão. Assim, ele geralmente aciona a empresa do cartão de crédito que abre um processo sobre a empresa ao não reconhecer a cobrança.

Por esse motivo, é muito importante o e-commerce possuir um canal de atendimento simples e de fácil acesso, com profissionais treinados para esse tipo de ação, com as soluções na ponta da língua para facilitar para o seu cliente e assim evitar futuros transtornos.

Ainda falta algum tempo para a Black Friday, mesmo assim mudar a segurança do e-commerce exige algum tempo e também muitos testes, por isso, o melhor seria começar agora mesmo.

Esse conteúdo te ajudou? Se sim, compartilhe-o com seus familiares e amigos, nos ajudando a alcançar ainda mais pessoas!

Publicidade