Banco do Brasil promete liberar mais crédito durante pandemia

Publicidade
Anúncios

Visando minimizar os impactos da crise causada pelo coronavírus, o Banco do Brasil iniciou na segunda-feira (23) a liberação de operações de crédito para micro e pequenas empresas.

Essa iniciativa visa assegurar que o pequeno e microempresário não sofra com a falta de capital de giro para manter o seu negócio. Afinal, a queda de demanda será inevitável e isso irá impactar diretamente no faturamento das empresas.

Pensando nisso, o Banco do Brasil além de ampliar as linhas de crédito para micro e pequenos empresários também irá prorrogar o prazo de pagamento para as próximas duas parcelas a vencer. Elas irão para o final do pagamento das suas dívidas.


Veja também:

Anúncios
Publicidade

Banco do Brasil procurando ajudar o pequeno empresário

Além dos empréstimos que serão expandidos, o Banco do Brasil conforme antecipamos irá prorrogar as duas próximas parcelas para o fim do contrato. Os juros, no entanto, serão diluídos por todo o contrato para não pesar no final.

As linhas contempladas utilizam recursos do próprio banco. Afinal, neste momento tão difícil o banco está procurando garantir que os micro e pequenos empresários não tenham dificuldade de liquidez.

Publicidade

Dessa forma, o banco entende que o dinheiro liberado para capital de giro será usado pelos empresários para garantir o pagamento de fornecedores e funcionários. Além de conseguir organizar o fluxo de caixa da empresa.

Não se sabe ainda até quando o Brasil sofrerá com esse recesso. O país já vinha enfrentando uma grande dificuldade para sair da crise. Um dos maiores agravantes é a dificuldade fiscal que o governo federal vem enfrentando.

A micro e pequena empresa emprega cerca de 67% da mão de obra do país

Em virtude da crise que se originou no ano de 2015 o micro e pequeno empresário vem enfrentando uma grande dificuldade em pagar suas contas.

Publicidade

Muitas empresas, contudo, não conseguiram sequer chegar até este ano de 2020. A situação é bastante delicada. Por isso, atitudes como essa do Banco do Brasil visam ajudar o empreendedor neste momento.

E para evitar aglomerações, a contratação pode ser feita diretamente no Gerenciador Financeiro. Caso prefira, o cliente pode fazer a operação na própria agência. No entanto, o banco orienta que se evite o deslocamento para não gerar aglomerações.

Dentre as linhas de crédito que estão sendo oferecidas para os micro e pequenos empresários estão:

Publicidade
  • BB Giro Rápido;
  • BB Giro Digital;
  • Giro Corporate;
  • BB Giro Empresa;
  • Giro Cartões;
  • BB Giro Financiamento

Como é possível ver, a instituição está disponibilizando todas as suas linhas de capital de giro para ajudar os empresários a terem mais liquidez para pagarem suas obrigações.

Além do Banco do Brasil outros bancos estão ajudando os clientes

Além do Banco do Brasil, outros bancos também estão procurando ajudar os seus clientes com prorrogações de pagamento.

Esse é o caso da Caixa que também anunciou que irá prorrogar as parcelas do financiamento imobiliário bem como dos empréstimos de capital de giro oferecidos para a empresa.

O Santander também anunciou recentemente que está aumentando o limite do cartão de crédito em 10% objetivando também ajudar os seus clientes a terem mais recursos para aumentar os estoques de alimentos e medicamentos.

Este é um momento bastante delicado para todos os brasileiros. Empresários, autônomos e empregados aguardam os próximos anúncios do governo para saber até onde se estenderá a crise do coronavírus.

Gostou desta matéria? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.

Publicidade