Banco do Brasil deve investir em tecnologia: pessoas e produtos

O Banco do Brasil vai investir R$ 2,3 bilhões em tecnologia. Continue a leitura para saber as novas estratégias financeiras na era digital.



Anúncios



Anúncios

Banco do Brasil deve investir em tecnologia

Banco do Brasil

Para acompanhar a nova era digital, o Banco do Brasil anunciou que irá investir mais de R$ 2,3 bilhões em tecnologia pelos próximos três anos.

No ano passado, o BB confirmou um plano para aportar recursos em novatas da tecnologia. Afinal, a era digital aumentou a exigência do consumidor.

Dessa forma, é fundamental investir em digitalização, sendo que esse novo aporte visa oferecer aos clientes novas experiências com opções mais práticas.

Quer saber mais sobre o investimento em tecnologia do Banco do Brasil? Então continue por aqui só mais alguns minutinhos.



Anúncios



Anúncios

Como será o investimento do Banco do Brasil?

Conforme antecipamos, o Banco do Brasil irá aumentar o investimento em tecnologia, e por isso deverá aportar recursos em novas fintechs.

Em agosto do ano passado o banco lançou o seu programa de investimentos em startups, sendo que o orçamento previsto é de R$200 milhões, com aporte inicial de R$100 milhões.

Segundo o próprio banco, essa iniciativa visa não só melhorar a experiência dos clientes como também melhorar os ganhos com eficiência operacional.



Anúncios

De acordo com uma nota publicada à imprensa, o plano nasce alinhado com as melhores práticas de mercado e de governança. Além disso, ele vai também potencializar parcerias e trazer benefícios como intercâmbio cultural com as novatas.

Como serão escolhidas as startups para essa parceria?

O BB diz que o interesse é em startups que tenham sinergia com seu negócio. Ou seja, as fintechs focadas nos setores financeiros, seguros e agronegócios.

A ideia do banco era ter feito uma série de investimentos nesse sentido ainda no ano de 2020, no entanto, a pandemia acabou atrapalhando um pouco os planos.

Para 2021, o banco quer viabilizar o investimento selecionando fundos que compram participação em empresas iniciantes.

Essas empresas são conhecidas como venture capital e gestores privados. Por isso foi gasto um tempo com definição e aprovação de regras duras de governança corporativa nos vários escalões do banco.


Veja também:


Banco do Brasil também vai investir em pessoas em 2021

Além de do plano de investimentos em startups, o BB também vai manter o concurso para 120 vagas em 2021. O edital segue confirmado, apesar do atraso devido à pandemia.



Anúncios

De acordo com informações do próprio banco, essas 120 vagas serão abertas apenas na área de Tecnologia da Informação, neste primeiro momento. Nesse novo concurso, os candidatos possivelmente deverão ter nível superior.

Contudo, o banco ainda não confirmou essa informação. Para essas vagas, a remuneração inicial prevista é de R$3.800.

Com isso, o BB segue na estratégia de ampliar o seu investimento em tecnologia com foco em novos produtos que garantam uma melhor experiência do usuário.

Mudanças digitais para 2021

O ano de 2021 deverá continuar sendo de mudanças digitais nas nossas vidas. Até porque, a digitalização do setor bancário já vem acontecendo há alguns anos.

No entanto, por conta da pandemia ela se intensificou no ano passado, e com o surgimento do Pix deverá se expandir ainda mais rapidamente.

Não só o Banco do Brasil, mas outros bancos tradicionais também estão investindo em tecnologia para expandir a sua digitalização.

Esse é o caso do Itaú que recentemente criou a sua plataforma Iti, que é uma espécie de carteira digital, para atender os seus clientes.



Anúncios

O Santander, adquiriu o Superdigital também objetivando aumentar a sua participação nesse meio digital. Ao que tudo indica, esse é apenas o começo. E talvez em pouco tempo as agências bancárias serão lembradas apenas nas fotos de museu.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos e parentes nas redes sociais.