Bancos começam cobertura para ação do Nubank em vista do seu grande potencial

O Nubank realizou o seu IPO no dia 09 de dezembro do ano passado. E a partir de então diversos bancos começaram a cobertura de suas ações, e a maioria deles está recomendando compras dos ativos.

Publicidade
Anúncios

Nubank

bancos recomendam Nubank

No dia de ontem, o IPO do Nubank completou um mês. E nesse pouco tempo, as ações da fintech brasileira já estão chamando a atenção de grandes instituições mundo afora, como é o caso do Morgan Stanley.

Afinal, o banco norte-americano acredita que os ativos da fintech possuem um grande potencial de valorização de até 70%. Já o HSBC é um pouco mais conservador em suas análises e possui uma recomendação neutra acerca dos papéis do Nubank.

A listagem das ações foi feita na Bolsa de Nova York (NYSE) sendo que na mesma data foram listados BDRs (Brazilian Depositary Receipts) na B3. Desde a abertura do capital, os ativos da instituição tiveram alta de 4% até o dia 31 de dezembro.

CARTÃO NUBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO NUBANK

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão de crédito com diversos benefícios!
Você permanecerá no site atual

Grandes bancos começam a cobertura das ações do Nubank

Na primeira segunda-feira do ano, grandes bancos começaram a recomendar as ações do Nubank com uma visão mais otimista, o que representa recomendações equivalentes à compra.

Anúncios
Publicidade

Dentre eles, podemos citar o Morgan Stanley, Citi, HSBC, Goldman Sachs e UBS BB. O Morgan vem se mostrando a instituição mais otimista em relação ao preço do papel do Nubank.

Segundo a instituição, os preços do ativo devem chegar a até US$ 16. Isso representa um potencial de até 70% de alta frente ao fechamento de 2021. O Citi, Goldman e UBS BB, apesar de mais cautelosos, também recomendam a compra dos ativos.

Publicidade

O HSBC é a única instituição que possui uma visão um pouco mais conservadora com recomendação neutra para os ativos do Nubank. A instituição prevê um potencial de alta de 6,61% dos ativos.


Veja também:


Apesar do otimismo desafios deverão ser superados

A maioria dos analistas dos bancos, apesar de terem uma visão positiva para os ativos, destacam que diversos desafios estão no radar, assim como a volatilidade em um cenário macroeconômico um tanto quanto complicado.

Afinal, 2022 deverá ser marcado por desaceleração do crescimento do PIB, alta da inflação, aumento das taxas de juros e incertezas acerca das eleições presidenciais no Brasil que acontecem em outubro deste ano.

Publicidade

Além disso, o Citi também aponta o risco de ruídos regulatórios, mesmo acreditando que esse ponto não deverá afetar materialmente a capacidade deles criarem valor versus o que possuem em suas estimativas.

Já o BTG Pactual, chegou a fazer uma recomendação neutra no início de dezembro, e agora destacou que a combinação do seu valuation extremamente alto e o momento não tão favorável podem fazer a ação ser uma escolha muito arriscada.

Morgan Stanley e Goldman Sachs estão mais otimistas

Enquanto alguns bancos estão um pouco mais cautelosos, o Morgan Stanley e o Goldman Sachs seguem otimistas. O Morgan Stanley recomendou compras acima da média do mercado.

Publicidade

A instituição acredita que o preço-alvo das ações seja de US$ 16, um potencial de valorização de 70,6% em relação ao fechamento do último dia do ano, quando o preço das ações estava em US$ 9,38.

De acordo com a instituição, o Nubank deverá experimentar um crescimento de receita de 97% em 2022, 54% em 2023 e 58% em 2024. Já o Goldman Sachs recomenda a compra do ativo com preço-alvo em US$ 15.

Segundo relatório da instituição, o banco digital está bem posicionado para penetrar no setor bancário latino-americano com seus 48 milhões de clientes, tendo já níveis de monetização.

De modo geral há um certo otimismo em relação a fintech, embora esse otimismo possa se dar em maior ou menor escala de acordo com cada uma das instituições acima citadas. Portanto, o momento pode ser favorável para a aquisição de papéis do Nubank.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.