Bolha financeira: entenda o que é, e como ela pode se formar

As bolhas financeiras costumam acontecer quando todas as atenções são voltadas para um determinado ativo. Elas costumam trazer lucros para alguns investidores e muito prejuízo para outros.

Publicidade
Anúncios

Bolha financeira

Bolha financeira

Certamente você já ouviu falar sobre bolha financeira, não é mesmo? Mas, afinal, você sabe o que isso significa e como ela pode impactar não só o mercado financeiro mas também as suas finanças?

Resumidamente, bolha financeira é um evento em que os investidores negociam ativos com um preço muito acima do seu valor real. Como consequência há uma queda abrupta nos papéis, deixando então um lastro de prejuízo.

Isso acontece normalmente quando existe um crescimento muito rápido no valor de mercado de um único ativo ou até mesmo de diversos ativos. Quer saber como uma bolha financeira se forma? Vem com a gente.

CARTÃO SAMSUNG ITAUCARD
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SAMSUNG ITAUCARD

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão para os amantes de tecnologia!
Você permanecerá no site atual

Como se forma uma bolha financeira?

A maioria das pessoas deve lembrar do que aconteceu com o Bitcoin em dezembro de 2017 ou até mesmo em maio deste ano. Houve uma grande euforia na procura pela criptomoeda e na sequência uma queda acentuada no preço do ativo.

Anúncios
Publicidade

Esse acontecimento é chamado de bolha financeira que normalmente ocorre por um comportamento de manada. Ou seja, investidores atraem novos investidores. E com o aumento na demanda o preço também se eleva.

Entretanto, a elevação no preço do ativo não possui sustentação nesse caso, e quando os investidores que chegaram primeiro decidem realizar o lucro, começa um efeito dominó que ocasiona em uma queda bastante agressiva no preço do ativo.

Publicidade

Veja também:


Quais são os estágios de uma bolha financeira?

Normalmente o surgimento de uma bolha pode ser dividido em cinco estágios. O primeiro é o deslocamento, que é quando os investidores começam a se interessar por um determinado ativo no mercado.

O segundo estágio é o Boom. Nele o preço do ativo começa a subir ganhando mais impulso com a entrada de novos investidores. Então o ativo ganha repercussão nas redes sociais e imprensa, alimentando a dinâmica.

Temos então o terceiro estágio que é a euforia. Nele o mercado expressa um otimismo generalizado com o desempenho do ativo, e há mais entradas de investidores, fazendo o preço dos ativos simplesmente dispararem.

Publicidade

No quarto estágio começa a realização do lucro. É aqui que muitos investidores começam a vender o ativo no auge, embolsando os retornos registrados com o boom. Poucos são os investidores que conseguem identificar esse momento.

Já o quinto e último estágio é marcado pelo pânico. Ele é o oposto do Boom, sendo que os investidores passam a vender o ativo fazendo com que os preços despenquem. Quanto mais um investidor demora para vender, maior é a chance de ter um grande prejuízo.

Por que as bolhas financeiras acontecem?

A bolha financeira normalmente acontece quando os holofotes se voltam para um determinado ativo. Como a procura começa ser muito maior que a oferta os preços se elevam sem que para isso tenha um fundamento sólido.

Publicidade

O interesse dos investidores passa a ser guiado por comportamentos naturais do ser humano como a vontade de obter ganhos fáceis. Por isso, as pessoas se juntam ao comportamento de manada com receio de ficar de fora de algo do qual todo mundo faz parte.

Como a lei da oferta e procura é uma lei natural, os preços dos ativos sobem e quando os valores atingem um determinado patamar, os primeiros investidores olham para o desempenho do ativo e julgam ser ele uma boa alternativa para realizar seus lucros.

Para evitar cair em bolhas financeiras, o ideal é sempre fazer uma análise fundamentalista sobre o ativo que se pretende comprar, avaliando se a alta no seu preço realmente é fundamentada ou é apenas uma bolha financeira.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.