Cesta básica aumenta em 13 capitais: descubra como economizar

Saiba como economizar com a cesta básica, que sofreu alta de preços. Continue a leitura e fique por dentro de dicas importantes.



Anúncios



Anúncios

Como economizar com a cesta básica

Subiu preço da cesta básica

Em janeiro deste ano, o valor da cesta básica aumentou em 13 capitais, atingindo o bolso dos brasileiros que enfrentam uma das piores crises econômicas. 

Florianópolis foi o local em que teve mais alta no país (5,82%), seguido de Belo Horizonte (4,17%) e Vitória (4,05%). 

Para se ter uma ideia, em 11 das 17 capitais que foram acompanhadas pela pesquisa, o valor da cesta básica corresponde a mais da metade do salário mínimo. Na lista de exceções, encontram-se: Belém, Salvador, Recife, João Pessoa, Natal e Aracaju.

Já em São Paulo, os moradores precisam lidar com a cesta básica mais cara do nosso país. Na capital, o valor é de R$ 654,15, tendo uma alta de 3,59% na comparação com dezembro de 2021.



Anúncios



Anúncios

As informações foram analisadas na Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

E o que fazer para não afetar o planejamento financeiro

É isso que vamos discutir no artigo de hoje.



Anúncios

Então, não perca mais tempo. Continue com a leitura e tire suas dúvidas hoje mesmo. 

Faça uma pesquisa de preços 

O primeiro passo é fazer uma pesquisa de preços. Apesar de ser uma tarefa bastante cansativa, os valores podem variar de supermercado para supermercado. Neste momento, recomendamos evitar padarias e farmácias, uma vez que os preços são mais altos. 

Opte pelas marcas menos conhecidas 

Outra dica interessante é procurar por marcas menos conhecidas do mercado. Ao contrário do que muita gente imagina, o sabor dos alimentos pode até ser melhor do que as opções que têm mais destaque no país.

Você também pode optar por produtos do próprio supermercado. Grandes lojas produzem os próprios alimentos, como leites, sucos e até papel higiênico. Vale a pena investigar para economizar no preço. 

Dê preferência para os produtos essenciais 

Um dos maiores erros na hora de montar a cesta básica é se empolgar e escolher aqueles produtos que não são considerados essenciais. O mais indicado é dar preferência para produtos, como café, feijão, arroz, óleo, entre outros. 

Claro, não é necessário ser tão rigoroso, mas é importante olhar esses alimentos com mais cuidado, uma vez que interferem diretamente no seu bolso. 

Saiba mais sobre em: 



Anúncios

Defina a quantidade ideal de alimentos 

Uma das principais dúvidas na hora de montar a cesta básica é descobrir qual é a quantidade ideal de alimentos. Para tomar a melhor decisão, analise quantas pessoas têm em sua residência e qual é a quantidade média de produtos consumidos por cada morador. Dessa forma, você consegue evitar desperdícios em sua residência. 

O preço dos alimentos subiu bastante nos últimos meses. Então, tenha cuidado com cada detalhe da cesta para conseguir economizar de verdade. 

Para aproveitar as melhores ofertas da internet em supermercados, recomendamos ter um cartão virtual. Assim, você pode comprar com agilidade e segurança. O Santander SX oferece essa funcionalidade para o cliente. 

Além desse benefício, você pode contar com outras vantagens.

– Até 50% a mais de internet contratando o plano Claro flex com o Cartão SX;

– Descontos em diversos parceiros Esfera e ofertas especiais  no Vai de Visa;

– Anuidade grátis ao gastar R$ 100 em compras ou cadastrando CPF ou celular como Chaves Pix. 



Anúncios

Os clientes que têm conta no Santander devem apresentar uma movimentação na conta corrente de apenas R$ 500. 

Após descobrir as principais dicas para economizar na cesta básica, conheça quais são as melhores orientações para gastar menos com o gás de cozinha