Como faço para construir a minha reserva de emergência?

reserva de emergência
Como faço para construir a minha reserva de emergência? - Imagem: Reprodução / Internet.
Publicidade

Hoje, mais do que nunca, o conceito de reserva de emergência está ganhando força no Brasil.

Não é para menos.

Afinal, por conta da pandemia, muita gente foi pega de surpresa nesse momento.

Como resultado, muitas pessoas acabaram atrasando suas contas.

E por isso passaram a pensar mais sobre a construção de uma poupança.

Mas, é possível fazer uma reserva de emergência?

Essa é uma questão bastante pertinente.

A desculpa que muita gente dá é que o dinheiro é curto.

E por isso, acreditam que fazer uma reserva de emergência é praticamente impossível.

Claro que quanto menos ganhamos mais difícil se torna poupar.

Mas, vou fazer uma pergunta:

Publicidade

Você não conhece aquela pessoa que ganha pouco e tem uma boa segurança financeira?

E também não conhece aquela outra pessoa que ganha bem e está sempre apertada?

Isso acontece porque somos o que gastamos e não o que ganhamos.


Veja também:

Empréstimo com garantia é uma boa opção? Descubra neste post.

Onde encontrar o melhor empréstimo pessoal do mercado? Descubra!

Aprenda como economizar no Black Friday de uma vez por todas


Como começar a construir uma reserva de emergência?

O começo é sempre o passo mais difícil para começar a poupar.

Para isso é preciso primeiramente traçar uma meta.

Sem uma meta claramente definida, a poupança jamais sairá do papel.

Publicidade
Publicidade

O ideal é que a reserva de emergência seja equivalente a seis meses dos seus ganhos.

Então, se você ganha R$ 2 mil, a sua meta deverá ser construir uma reserva de emergência de R$ 12 mil.

Após atingir esse valor, você pode traçar outros objetivos. Afinal, sua reserva de emergência estará criada.

Certo, mas e como juntar esse valor?

Assim que você definir uma meta, precisará então definir um planejamento para atingi-la.

Para isso é preciso começar a colocar todos os seus gastos na ponta do lápis.

E também mudar alguns hábitos de consumo.

Comece cortando todos os supérfluos. Aqueles produtos que não te farão falta.

Publicidade

E pare imediatamente com as compras por impulso.

Assim que cortar todos os supérfluos veja quanto te sobrará no final do mês.

Vamos considerar que inicialmente você consiga guardar R$ 200, ou seja, 10% dos seus ganhos.

Sem considerar o ganho com juros, você terá a sua reserva de emergência em cinco anos.

Repare que agora já estamos amadurecendo o planejamento.

Você já sabe quanto guardar e por quanto tempo guardar.

É possível guardar esse valor em menos tempo?

Se você é bom de matemática deve ter notado uma coisa na nossa explicação.

Independente do valor que você ganha, se você guardar 10% dele, irá ter uma reserva de emergência em cinco anos.

Publicidade
Publicidade

Quer ver? Imagine agora que você ganhe R$ 5 mil.

Sua poupança nesse caso teria que ser R$ 30 mil, ou seja, seis meses dos seus ganhos.

Se você guardar R$ 500 que é 10% dos seus ganhos, vai precisar de exatos cinco anos para ter sua reserva de emergência.

Então, para diminuir esse prazo só existe um caminho: guardar mais.

Guardando 20% dos seus ganhos, você fará a poupança em dois anos e meio.

Mas, e quando a renda já é curta?

Quando temos uma renda curta, certamente é mais difícil guardar um percentual alto.

Nesses casos, é possível buscar uma renda extra.

Vender cosméticos, participar de programas de afiliados, qualquer coisa que te dê um dinheiro a mais.

Publicidade

Esse dinheiro precisa ir direto para a construção da sua reserva.

Resumidamente, não há como construir uma reserva de emergência sem esforço.

É preciso, portanto, ponderar gastos e criar uma meta com prazos definidos para atingi-la.

E onde construir a reserva de emergência?

Por se tratar de uma reserva de emergência, você não pode colocar ela em ativos de risco.

Desse modo, o ideal é colocá-la em um CDB com resgate automático.

Existem diversos bancos hoje em dia que possuem uma boa rentabilidade.

Um deles é o PagBank. Lá, o seu dinheiro rende 100% do CDI com liquidez automática.

Publicidade

E na medida que sua reserva crescer, você pode optar por CDB com resgates mais longos.

Publicidade

Ou seja, deixar o dinheiro lá por mais tempo.

Há, no PagBank, CDB com rentabilidade de até 170% do CDI.

Isso quer dizer que os juros ajudarão a construir a reserva de emergência em um prazo menor também.

Mas, lembre-se: mantenha sempre a disciplina para guardar dinheiro todo mês.

Afinal, o que irá garantir a construção da sua reserva de emergência é o seu foco e esforço.

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Publicidade
Cartão Mooba

Mooba é seguro? Descubra aqui!

cadastro no pix

Até quando posso fazer o cadastro no Pix? Leia este post e descubra!