Como ensinar sobre finanças para as crianças

As crianças que crescem sendo educadas financeiramente têm mais chances de se tornarem adultos mais estáveis financeiramente. Mas você sabe como educar uma criança financeiramente?

Publicidade
Anúncios

Finanças para crianças

Nos dias de hoje, muito se fala sobre a importância da educação financeira, sobretudo para as crianças, já que é um tema não muito difundido na grade escolar. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo esse artigo.

Explique o valor do dinheiro

É muito importante que a criança saiba que o dinheiro não é algo ganho e sim algo conquistado. Por isso, é muito importante salientar para eles o processo de conquistade determinada quantia em dinheiro. 

Dessa forma, elas vão crescer sabendo os processos por trás da geladeira cheia e dos brinquedos comprados para elas.

LATAM PASS GOLD
CARTÃO DE CRÉDITO

LATAM PASS GOLD

PONTOS
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
O cartão perfeito para quem adora viajar!
Você permanecerá no site atual

A importância de poupar

É necessário que desde cedo a criança já entenda a importância de guardar o dinheiro. Incentivar a criança a guardar sua mesada para ter aquele brinquedo mais caro ou aquele aparelho eletrônico pode ajudá-la a entender esse processo.

Anúncios
Publicidade

Pais exemplos

As crianças observam e copiam muito os pais. Por isso, é necessário dar o melhor exemplo dentro de casa, ensinando-as a fazer as melhores escolhas financeiras, como por exemplo, ao invés de comprar um suco em lata em uma lanchonete, comprar a fruta e fazer o suco em casa para poupar dinheiro, e também para que entenda que algo feito em casa além de econõmico, é também mais saudável.

Dar a responsabilidade para a criança

É interessante que a criança aprenda a mexer com o dinheiro na prática, muitos pais optam pela inclusão de uma mesada ou “semanada”, o que pode ser uma boa opção para ela aprender a economizar e ter responsabilidade com seu dinheiro.

Publicidade

Veja também:

A diferença entre querer e precisar 

É importante também ensinar desde cedo o que é necessidade e o que é desejo: com isso a criança vai aprender a priorizar a necessidade, como por exemplo, compras no mercado ao invés de comprar roupas novas.

Ensiná-la a fazer um orçamento

A partir dos 13 anos, a criança já consegue ter uma noção de contas e números para fazer um orçamento. Incentivá-la a fazer a lista de compras de um supermercado, por exemplo já pode dar a ela uma noção de como é feito um orçamento de uma forma mais simples.

Disciplina ao usar cartões de crédito 

Os jovens com 16 e 17 anos já podem ter cartão de crédito vinculado à conta dos pais em alguns bancos. É importante salientar para o jovem o porque é necessário ter um limite de gastos, e pagar sempre o valor total da fatura na data certa, assim evitando os juros e não perdendo dinheiro.

Publicidade

Os pais podem impor um limite de gastos para o filho e dessa forma, ensiná-lo a ter mais responsabilidade sob os seus gastos e a se manter firme diante das possíveis tentações de gastos exorbitantes.

A importância da educação financeira em casa 

No Brasil não é ensinado sobre educação financeira nas escolas e talvez por isso, temos um dos maiores índices de inadimplência e endividamentos.

A educação financeira é muito importante para toda e qualquer pessoa que deseja ter uma vida financeira tranquila e próspera.

Publicidade

Cabe aos pais ter um olhar a mais para a educação financeira de seus filhos, para assim prepará-los para um futuro mais próspero e estável.