Como juntar R$ 10 mil em dois anos? Confira nossas dicas!

Nossos especialistas financeiros estudaram ações para você conseguir juntar mais de R$10 mil em dois anos. Quer saber como? Continue a leitura.



Anúncios



Anúncios

Como juntar R$10 mil em dois anos?

Juntar R$ 10 mil em dois anos

Você está tentando juntar dinheiro, mas é sempre um imprevisto que aparece e coloca tudo a perder? Então você veio ao lugar certo.

Hoje vamos dar algumas dicas de como juntar R$ 10 mil em dois anos para você ter a sua reserva de emergência e conseguir ter um pouco mais de tranquilidade. Mas saiba que esse não é um caminho fácil e exige muita disciplina.

Afinal, para juntar dinheiro é preciso em muitos casos fazer escolhas e conter o impulso consumista. Abaixo separamos 5 dicas infalíveis para você juntar R$ 10 mil em dois anos, dá só uma conferida!

1 – Comece objetivando guardar R$ 500 por mês

Para juntar R$ 10 mil em dois anos, você não precisa necessariamente guardar R$ 500 por mês. Afinal, se assim o fizer, mesmo sem rentabilidade nenhuma, você terá R$ 12 mil em dois anos.



Anúncios

No entanto, você precisa ter esse objetivo porque sempre algum imprevisto poderá surgir. E nesse caso você terá uma “gordura” para queimar. Assim que você tiver essa meta muito bem definida, precisa começar a colocá-la em prática.



Anúncios

2 – Corte tudo o que for supérfluo em sua vida

Depois de criar o objetivo você precisa começar a batalhar para cumpri-lo e isso está diretamente relacionado às nossas escolhas. Então, faça um raio-x do seu orçamento e veja tudo o que você pode cortar.

Evite alimentação fora de domicílio, corte os gastos desnecessários do supermercado, e dependendo da situação considere até ir para uma casa menor para economizar no dinheiro do aluguel. É nesse momento que você terá que deixar o espaço no orçamento.

3 – Comece guardando em um CDB de resgate automático

Assim que você começou a organizar o seu orçamento para sobrar R$ 500 por mês, chegou o momento de guardar o seu dinheiro. Comece aplicando em um CDB de resgate automático.

Vá aproveitando este tempo para estudar um pouco mais sobre fundos de investimento, diversificação de ações, e aplicação em renda variável. Isso irá ajudá-lo mais à frente para o seu capital começar a render um pouco mais.


Veja também:


4 – Depois do terceiro mês juntando, diversifique o seu investimento

Depois que você já pegou o hábito de poupar, precisará começar a melhorar o seu rendimento. Comece a diversificar em fundos de ações, ações diretas, fundos de investimento imobiliário para o seu dinheiro render mais.

Lembre-se que investir em renda variável exige diversificação e bastante estudo. Por isso, busque o máximo de informações antes de começar a investir, e deixe sempre um pequeno valor em um CDB de resgate automático para eventuais imprevistos.

5 – Mantenha o foco e continue construindo o muro

O que faz muita gente desistir do objetivo são os obstáculos que aparecem no caminho. Vamos imaginar que você esteja construindo um muro, e que veio um forte vendaval antes de você terminar a construção.

O vendaval destruiu alguns tijolos, mas não o muro por completo. Nesse caso, você pode começar a reconstrução, ou então desistir. Qual caminho você escolhe? Note que a maioria vai desistir, e é aí que faz toda a diferença.

Lembre-se que colocamos como objetivo guardar R$ 500 por mês, justamente para segurar as pontas durante o vendaval. Então, quando ele acontecer, respire e continue construindo o seu muro. Em dois anos você terá os R$ 10 mil.

Se possível, crie uma conta digital separada no PagBank onde o dinheiro parado já rende 100% do CDI, e vá guardando o dinheiro lá. Com bastante disciplina, certamente você conseguirá construir a sua reserva de emergência.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais.