Como recuperar as finanças em 2021? Descubra!

Neste artigo, temos boas recomendações financeiras para você superar a crise econômica e melhorar o seu orçamento doméstico em 2021.

Publicidade
Publicidade

Como recuperar as finanças em 2021?

recuperar finanças em 2021

O ano que passou não foi fácil para muita gente. Por conta da pandemia, a renda ficou mais curta, e recuperar as finanças não é uma tarefa fácil.

Desemprego alto e queda no faturamento das empresas foram alguns dos fatores que marcaram o ano de 2020, colocando muita gente em desespero.

No entanto, agora chegou o momento de respirar e encontrar o caminho para recuperar as suas finanças. Quer saber como? Vem com a gente.

Como recuperar as finanças em 2021?

De acordo com Ciro Almeida, ex-diretor do Banco Central, é preciso olhar para as dívidas do orçamento com uma lupa, relacionando as despesas e tudo o que precisa ser pago.

Anúncios
Publicidade

Nesse momento é fundamental não se enganar. Ou seja, é preciso colocar tudo na ponta do lápis, o que precisa ser pago e o que está atrasado.

Além disso, é necessário também criar uma classificação das despesas que possuem uma taxa de juros mais elevada e dos custos com menos juros.

Publicidade

Até porque, o ideal é pagar primeiramente as dívidas com juros maiores para evitar que ela venha a se tornar uma bola de neve neste ano de 2021.

O economista Carlos Eduardo de Freitas, adverte que é preciso também fazer um balanço de tudo o que tem entrado e de tudo o que tem saído do seu orçamento.

Afinal, isso irá colaborar para você avaliar onde é possível cortar gastos para melhorar o orçamento doméstico neste ano de 2021.


Publicidade

Veja também:


Evite fazer compras a prazo para recuperar as finanças em 2021

Uma outra dica dos especialistas é que você evite fazer compras a prazo neste início de 2021 para não se atrapalhar mais para frente.

Procure, portanto, viver dentro do seu orçamento. Somente faça o parcelamento de compras se isso for realmente necessário e não tiver outra solução.

Publicidade

Por exemplo, se sua geladeira queimou e você precisa comprar uma nova, mas não tem condições, aí sim você pode usar o parcelamento.

Além disso, não tenha vergonha em pedir descontos na hora de fazer compras. Ganhar um desconto aqui, outro ali, pode fazer bastante diferença no final do mês.

Comece o ano procurando guardar parte dos seus ganhos

Também é importante criar novos hábitos em 2021. Um deles é começar a guardar parte dos seus ganhos. Se possível, 10%.

O hábito de poupar ainda é pouco comum entre as famílias brasileiras. Algumas realmente não possuem condições para isso, principalmente as camadas mais baixas.

No entanto, outras famílias não conseguem poupar por questões de hábito mesmo, e isso precisa ser revertido urgentemente.

Até porque, em uma situação de crise, ter uma reserva de emergência pode fazer toda a diferença para você conseguir pensar com calma o que fazer.

Publicidade

Evite a compra por impulso de qualquer maneira

Fora o que já dissemos, também é imprescindível que você evite as compras por impulso. Pois, elas são responsáveis em grande parte pela falta de dinheiro.

Publicidade

Ainda mais em tempos de crise, elas podem comprometer o orçamento e gerar dívidas desnecessárias para você.

Por essa razão, antes de comprar se pergunte se realmente aquele item é necessário. Veja se você realmente precisa dele, e se não pode deixar a compra para depois.

Cuidados no momento de tomar um empréstimo

Se você precisar tomar um empréstimo para organizar as suas finanças, procure ter bastante cautela em relação a parcela e a taxa de juros.

Avalie bem se você terá condições de pagar aquele empréstimo e refaça o seu orçamento de modo que ele caiba no seu bolso.

Em hipótese nenhuma entre no cheque especial, a não ser que seja caso de extrema urgência. Pois, esse é um dos créditos mais caros do mercado.

Publicidade

Uma boa opção hoje em dia é se cadastrar na plataforma Bom Pra Crédito. Lá é possível encontrar empréstimos com taxas menores e prazos mais estendidos.

Em resumo, com um bom planejamento, dá para recuperar as finanças em 2021. Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.