Saiba como regularizar o CPF pela internet

Está com CPF irregular? Continue a leitura deste guia completo com passo-a-passo para você regularizar o seu registro pela internet.



Anúncios



Anúncios

Como regularizar o CPF pela internet

CPF

Se você não sabe como regularizar o CPF pela internet, continue lendo este artigo. Aqui, desenvolvemos um guia completo para resolver esse problema que tira qualquer um do sério. 

Uma pessoa que tem o CPF (Cadastro de Pessoa Física) suspenso não consegue um novo crédito, abrir conta corrente ou poupança, tirar o passaporte, comprar ou vender imóveis, fazer um financiamento, participar de concursos públicos, receber a sua aposentadoria e até receber um prêmio de loteria. 

Já imaginou ganhar na Mega da Virada e ter dificuldades para resgatar o dinheiro porque o CPF não está regularizado? É uma situação complicada, não é mesmo? 

O lado positivo é que você não precisa sair de casa para fazer esse processo. Ele pode ser feito online, em qualquer parte do Brasil. 



Anúncios

Não perca mais tempo. Continue lendo este artigo e tire todas as suas dúvidas. 



Anúncios

Vamos lá? 

Primeiro passo

O primeiro passo é acessar o site oficial da Receita Federal para descobrir a situação do seu CPF. Na página, digite o número do documento e a data de nascimento. Depois, será gerado um relatório informando o status do seu cadastro. 

Em seguida, clique em “CPF.” 

Segundo passo

Agora, você será encaminhado para um novo menu. Nele, deve clicar em “Regularizar cadastro CPF”. 

Veja mais sobre em: 



Anúncios

Terceiro passo 

Separe os documentos necessários para fazer a regularização.

– Maior de 16 anos: documento de identificação do contribuinte, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade); número de inscrição no CPF;

– Para brasileiros com idade dos 18 aos 69 anos: título de eleitor, protocolo de inscrição ou qualquer outro documento que comprove o alistamento eleitoral ou certidão da Justiça Eleitoral atestando a inexistência da obrigatoriedade do alistamento eleitoral;

– Menor de 16 anos, tutelado, curatelado ou outra pessoa sujeita à guarda judicial: documento de identificação do menor, tutelado, curatelado ou de outra pessoa física sujeita à guarda judicial, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade, certidão de nascimento);

1) Documento de identificação de um dos pais, tutor, curador ou responsável pela guarda em virtude de decisão judicial;



Anúncios

2) Documento que comprove a tutela, curatela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, de incapaz ou interdito;

3) Número de inscrição no CPF.

Quarto passo 

Aqui, você terá acesso a uma página com várias instruções para regularizar o seu CPF de forma online. É fundamental deixar claro que esse processo é liberado somente para o usuário que não fez declaração do Imposto de Renda nos últimos cinco anos. 

Os menores de 16 anos também não podem solicitar o CPF. O pedido deve ser feito pelos responsáveis legais. 

Quinto passo 

Na tela acima, você deve clicar em “Pela Internet”. Depois, adicione os dados para identificação. 



Anúncios

– Número do documento;

– Nome completo; 

– Data de nascimento; 

– Naturalidade. 

Vale uma dica importante. Digite o seu nome e o nome de sua mãe conforme foram registrados na Certidão de Nascimento ou de Casamento. Dessa forma, você evita futuros problemas. 



Anúncios

Após escrever todos os dados, clique em “Enviar”. Em algumas situações, o usuário pode ser convidado para comparecer a uma unidade de atendimento da Receita Federal para finalizar o processo. No entanto, esse tipo de convite é raro. Você deve comparecer no local em até 90 dias após a solicitação pela internet. 

Agora que você já sabe como regularizar o CPF pela internet, é importante descobrir os motivos pelos quais ele pode ser classificado como irregular.

Na prática, um CPF pode ser suspenso ou cancelado. No primeiro caso, o cadastro do contribuinte esta errado ou incompleto. 

Geralmente, os problemas mais comuns são no nome, data de nascimento, nome da mãe ou Título Eleitoral. Ele também pode ser suspenso quando uma pessoa não vota e não regularizou a sua situação. 

Já o cancelamento do CPF ocorre quando o contribuinte perde o documento ou quando ele é furtado, além de ter um erro no processo cadastral. 



Anúncios

Portanto, fique atento para essas situações. Dessa forma, você não precisa regularizar o CPF novamente. 

Após descobrir como regularizar o CPF pela internet, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas importantes sobre a sua rotina financeira, como conta digital, cartão de crédito e muito mais.