David Velez, cofundador do Nubank, doará maior parte da sua fortuna

O cofundador do Nubank, David Velez e sua esposa Mariel Reyes, acabaram de entrar para a organização Giving Pledge se comprometendo a doar grande parte da sua fortuna para causas filantrópicas.

Publicidade
Anúncios

Nubank

nubank

Não é de hoje que os bilionários do mundo estão procurando quebrar paradigmas e contribuir para causas filantrópicas. Tanto é que foi criada uma organização chamada Giving Pledge em que eles se comprometem a doar parte da fortuna para causas nobres.

Agora foi a vez do fundador do Nubank, o colombiano David Velez e sua esposa Mariel Reyes entrarem para essa organização. Eles possuem uma fortuna avaliada em US$ 5,2 bilhões segundo a Forbes. De acordo com o casal, as doações serão a maior parte dessa fortuna.

 Elas favorecerão crianças e jovens vulneráveis contribuindo assim para um mundo menos desigual e mais justo. Vale destacar que o Giving Pledge foi criado por Bill Gates, Melinda Gates e Warren Buffet em 2010.

CARTÃO NUBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO NUBANK

SEM ANUIDADE
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Um cartão de crédito com diversos benefícios!
Você permanecerá no site atual

David Velez vai doar grande parte da sua fortuna

David Velez entrou para um grupo seleto de bilionários que estão abraçando uma causa mais nobre. Afinal, eles compreendem que a vida um dia acaba e que não há sentido em deixar tantos bens acumulados.

Anúncios
Publicidade

Em uma carta para o Giving Pledge, David Velez diz que a vida é finita e que a mortalidade é incontestável. Por isso, não há sentido algum em morrer com tantos bens materiais, uma vez que a gente não vai levá-los para qualquer lugar.

Por isso, o executivo enaltece que deixar esses bens para causas mais nobres pode fazer uma grande diferença para o mundo, uma vez que podem colaborar para diminuir a desigualdade das riquezas tão reinantes.

Publicidade

Veja também:


Os novos bilionários e o futuro do planeta

Quando Bill Gates decidiu montar essa organização, chegou a afirmar que doaria mais de 80% da sua fortuna ainda em vida, e que deixar uma grande soma de dinheiro poderia fazer mal para os seus herdeiros ao invés de beneficiá-los.

Esses novos bilionários vem quebrar o paradigma que perdura há séculos em nosso mundo, onde as riquezas costumam se concentrar nas mãos de poucas famílias gerando assim uma desigualdade que ultrapassa a história.

Por se tratar de uma organização recente, os seus impactos ainda não foram totalmente sentidos, mas poderão contribuir para gerar um mundo com mais igualdade de oportunidade para todos.

Publicidade

Inclusive, no Brasil é gritante essa diferença no ponto de partida. Afinal, o próprio ensino público é muito inferior ao ensino privado por aqui. Algumas escolas particulares possuem uma qualidade a nível da Finlândia, ao passo que o ensino público é mais fraco que no Peru.

Um pouco mais sobre a Giving Pledge

A Giving Pledge é uma organização que foi fundada no ano de 2010 por Bill Gates, Melinda Gates e Warren Buffet com o intuito de engajar diversos bilionários a deixarem grande parte das suas fortunas para causas mais nobres.

Atualmente, a organização já conta com 223 bilionários de 27 países, dentre eles estão Mark Zuckerberg e Priscilla Chan, Byron e Tina Trott, Jim e Virginia Stowers, dentre outros. Lembrando que esse é um compromisso moral e não tem vínculo jurídico.

Publicidade

Segundo Bill Gates, trata-se de desenvolver uma tradição maravilhosa de filantropia que ajudará o mundo a se tornar um lugar muito melhor. Os impactos desta ação deverão refletir nas próximas gerações que estão por vir.

Inclusive, no ano de 2022, as doações empenhadas deverão superar o montante de US$ 200 bilhões, valor esse que pode contribuir para melhorar a educação, saneamento básico e até mesmo colaborar para diminuição da fome em países mais pobres.

E você, o que acha dessa ação nobre de David Velez? Se gostou deste artigo não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.