Imposto de renda: 5 dicas para não errar na declaração!

Evite cair na malha fina ou pagar multa por erros na declaração do Imposto de Renda de 2021. Confira nossas dicas a seguir.

Publicidade
Anúncios

Dicas para o Imposto de Renda 2021

Imposto de Renda

Está chegando a hora de fazer a declaração do imposto de renda referente ao ano de 2020. E nesse momento, muitas dúvidas acabam surgindo.

Afinal, qualquer erro pode fazer o contribuinte cair na malha fina, ou ainda pior, ser penalizado com multas altas nesse momento.

Sendo assim, para quem deseja fazer tudo por conta própria, sem a ajuda de um contador é preciso ficar atento para não se atrapalhar na declaração.

E para te ajudar nessa empreitada, separamos neste artigo 5 dicas para você não errar na sua declaração do imposto de renda. Dá só uma conferida.

Anúncios
Publicidade

1 – Levante o valor do seu patrimônio e informe os seus dependentes

Em primeiro lugar, antes de fazer a sua declaração, é preciso levantar todos os valores e preços que você pagou de todos os bens do seu patrimônio.

Você precisa levantar todos os bens, tantos os antigos e atuais, pois qualquer erro pode comprometer a sua declaração.

Publicidade

Um outro problema que faz muita gente cair na malha fina é em relação à declaração de renda dos dependentes.

Lembre-se que é preciso informar tudo com bastante exatidão, inclusive os gastos com educação e saúde que você teve com eles.

2 – Fique atento na declaração de imóveis e investimentos

Se você fez alguma reforma no seu imóvel, ela precisa ser comprovada por meio de um documento. Até porque, as construtoras e cartórios entregam todo ano uma Declaração sobre Bens Imobiliários.

Publicidade

Sendo assim, se o valor que você declarar for diferente, você poderá ter complicações com a Receita Federal, por isso é importante muita atenção.

Outro ponto importante diz respeito aos investimentos. Afinal, tanto ações quanto previdência privada precisam entrar na declaração.

Por isso, é importante pedir à corretora de valores ou bancos, o comprovante de movimentação de recursos.

Publicidade

Veja também:


3 – Informe o seu veículo no imposto de renda

Se você tem um veículo em seu nome, também é necessário incluí-lo na Declaração do Imposto de Renda para não ter problemas.

Será necessário informar a marca, modelo, ano de fabricação, placa do veículo e o seu registro.

Mesmo que ele tenha sido adquirido há mais tempo, é preciso informar todos os dados todos os anos.

4 – Insira os registros médicos e inclua doações e heranças

Você precisa separar todos os recibos que comprovem os seus gastos com saúde durante o ano de 2020. É aqui que muita gente cai na malha fina.

Para evitar problemas, você pode pedir para a sua operadora de saúde a Declaração de Serviços Médicos e de Saúde, com todas as informações.

Publicidade

Além disso, se você é herdeiro ou recebeu alguma doação, também é preciso fazer a declaração no Imposto de Renda. Mesmo que nesse caso não haja a tributação, é necessário informar na declaração.

5 – Separe os documentos necessários antes de fazer a declaração do Imposto de Renda

Publicidade

Por fim, na hora que você for declarar o Imposto de Renda, esteja com todos os documentos comprobatórios em mãos.

Isso vai te ajudar a manter os seus dados organizados e em segurança, o que vai garantir um processo mais rápido e preciso.

Com todos esses cuidados, certamente você não vai errar na declaração do IR e não terá nenhum problema com a receita federal.

Lembre-se que se você tiver uma reserva de emergência em CDB em um banco como Itaú, Santander ou qualquer outro também é preciso informar a sua aplicação.

Agora que você já sabe como fazer a declaração do IR, comece a se organizar e não deixe para a última hora para não perder o prazo.

Publicidade

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e parentes nas suas redes sociais.