Qual a diferença entre cooperativa de crédito e banco? Descubra!

Qual será a melhor opção para você, abrir uma conta em um banco ou em uma cooperativa de crédito? Conheça as principais diferenças no texto a seguir.



Anúncios



Anúncios

Diferença entre cooperativa de crédito e banco

Banco ou Cooperativa 2 1

Você está em dúvida entre abrir uma conta em um banco ou em uma cooperativa de crédito, mas não sabe a diferença entre eles?

Fique tranquilo. Assim como você, muita gente não sabe bem ao certo qual a diferença entre um e outro. Até porque ambos são regulamentados pelo Banco Central.

Além disso, os produtos e serviços oferecidos também são praticamente os mesmos. Afinal, você pode fazer transferências, saques, pagamentos, por qualquer um deles.

Mas então, quais são as diferenças entre um e outro? Fique mais alguns minutinhos por aqui e descubra.



Anúncios

Diferença entre cooperativa de crédito e banco

Existem várias diferenças entre uma cooperativa de crédito e um banco. Uma delas é que no banco você abre apenas uma conta e se torna um cliente.



Anúncios

Já na cooperativa você se torna um cooperado. Ou seja, você passa a ter poder de voto e por isso participa das decisões da política operacional.

Além disso, a própria cultura organizacional de um e de outro é diferente. No caso dos bancos, eles avançam por competição. Já as cooperativas de crédito se desenvolvem por cooperação mútua.

Sem contar que todo cooperado tem o direito a um voto nas decisões. No banco, quem tem direito a voto são somente os grandes acionistas.

Em outras palavras, a cooperativa de crédito possui uma aproximação maior com seus clientes. Pois, eles não são só clientes, mas sim cooperados.


Veja também:


E quais outras diferenças existem entre banco e cooperativa?

Fora o que já falamos, as cooperativas de crédito não visam tanto o lucro quanto os bancos. Até porque a administração de recursos é feita de forma a beneficiar todos.

Justamente por essa questão, as taxas e juros dos bancos são maiores. No geral, as taxas e juros das cooperativas são até 20% menores.

Afinal, a cooperativa tem como parâmetro somente os custos e a necessidade de reinvestimento. Ou seja, não precisam cobrir lucros exorbitantes para os acionistas.

Além disso, o lucro de uma cooperativa é distribuído entre todos os cooperados, de acordo com suas respectivas participações.

Já o lucro de um banco, por exemplo, somente é distribuído entre os acionistas. Ou seja, o cliente só paga, mas não tem nenhum retorno.

E em relação aos investimentos, muda alguma coisa?

Um outro ponto de destaque é em relação a remuneração pelo capital aplicado. Como a estrutura de custo da cooperativa é mais enxuta, ela remunera mais sobre os depósitos de longo prazo.

Portanto, é possível encontrar um CDB ou qualquer outro produto financeiro com uma rentabilidade melhor em uma cooperativa do que em um banco.

Sem contar que o banco nem sempre prioriza os investimentos locais, enquanto a cooperativa retém os recursos na sua área de atuação.

Então é mais vantajoso ter uma conta em uma cooperativa?

Quando comparado a um grande banco, ter uma conta em uma cooperativa de crédito pode ser mais vantajoso.

No entanto, com o crescimento tecnológico, surgiram no mercado diversos bancos digitais como Nubank, C6 Bank, Inter, oferecendo serviços com preços muito menores.

Por isso os bancos tradicionais, de certa forma, perderam o seu monopólio. E quem acabou ganhando com isso foram os clientes.

Hoje, abrir uma conta é muito mais fácil, sem falar que dá para fazer tudo sem precisar sair de casa. Foi uma verdadeira transformação. Ainda mais agora, com a chegada do Pix que está revolucionando os meios de pagamento.

Agora que você já sabe a diferença entre uma cooperativa de crédito e um banco é só escolher aquele que mais se identificou. Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.