Empreendedorismo: os negócios inovadores criados durante a pandemia

O empreendedorismo acelerou durante a pandemia do novo coronavírus. Com a necessidade aliada à criatividade, diversas empresas se reinventaram.



Anúncios



Anúncios

Empreendedorismo

NEGOCIOS COVID

De saco de lixo high tech a desinfectador de ambiente. O empreendedorismo ganhou força durante a pandemia do novo coronavírus.

Novos produtos nasceram nesses últimos meses. A necessidade aliada à criatividade fez com que diversas empresas criassem novas soluções voltadas ao combate do coronavírus.

Para a grande maioria dessas empresas, a chegada da vacina não irá inviabilizar o negócio. Afinal, as pessoas estão mais conscientes.

Os cuidados com saúde deverão continuar intensos, e os produtos desenvolvidos são justamente para ajudar nesses cuidados.



Anúncios



Anúncios

Empreendedorismo sem limites no Brasil

A lista de novidades é intensa. Muitos produtos surgiram nos últimos seis meses. Tecidos, tintas, equipamentos de raio ultravioleta.

A criatividade não tem limites. Capacetes de ventilação e até saco de lixo com todos materiais antibacterianos e antivirais foram criados recentemente.

Cláudio Frischtak, presidente da Inter.B Consultoria Internacional de Negócios, disse que muitos desses produtos fazem parte das mudanças estruturais que estão em curso.



Anúncios

Segundo Frischtak “Mesmo com a vacina, se esses novos produtos forem competitivos, com preços iguais ou no máximo 5% a 10% superiores aos similares, serão mantidos no mercado”.


Veja também:


Produtos inovadores desenvolvidos durante a pandemia

Tiago Inácio Peixoto, diretor comercial da Companhia Industrial Cataguases, de Minas Gerais, fez uma parceria com a Dalila Têxtil, de Santa Catarina.

As empresas desenvolveram um tecido com acabamento antiviral e antibacteriano que está chegando ao mercado em coleções de grandes redes de varejo.

Tiago Peixoto acredita que no curto prazo as vendas serão mais intensas. Até por consequência do momento que estamos vivendo.

No entanto, na visão de Peixoto, mesmo em um mundo pós-pandemia as pessoas estarão mais sensíveis. E também mais abertas a roupas funcionais para se protegerem.

André Klein, presidente da Dalila, ressalta que hoje temos o covid-19. Amanhã poderemos ter outros tipos de coronavírus. Portanto, ele vê com entusiasmo a iniciativa.



Anúncios

Sacos de lixo livre de contaminação

A Embalixo, fabricante de embalagens para lixo de Hortolândia (SP), desenvolveu um saco de lixo com material capaz de neutralizar vírus e bactéria.

O produto já está à venda em várias redes de supermercado. Ele é feito de uma composição de polímeros e sua eficácia, de acordo com o fabricante foi testada pela Unicamp.

Rafael Costa, diretor comercial da empresa, destaca que investir em inovação é um dos lemas da Embalixo.

A empresa também oferece soluções exclusivas ao mercado, como saco para lixo feito de planta com tecnologia que captura a emissão de gás carbônico.

Além disso, a empresa também produz saco com repelente, com neutralizador de odores. E, pasmem: o primeiro saco vegano do mundo.

No mês são produzidas 800 toneladas de sacos plásticos. Desse total, 10% são de linha antiviral. Costa acredita que essa participação deverá subir para 25% nos próximos meses.

Empreendedorismo pode ser a solução para o futuro

A DeVant, empresa especializada em soluções automatizadas de bio desinfecção para a área hospitalar também está inovando.



Anúncios

Ela está importando da França o Nocotec. Um aparelho de 6 quilos. Ele pode ser usado em clínicas, escritórios, empresas, residências, hotéis e outros ambientes.

Esse aparelho recebe um frasco com solução de peróxido de hidrogênio com prata, e então ele espalha vapor seco por todo o ambiente.

A aplicação é feita diariamente. E dependendo do tamanho da área a ser desinfetada o seu custo é de R$ 10 reais ao dia.

Como é possível ver, não há limites para o empreendedorismo. DeVant, Embalixo, Cataguases e Dalila Têxtil são apenas alguns exemplos.

No Brasil, no entanto, milhares de empreendedores se desdobram diariamente entre a necessidade e a vontade de empreender.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.