Vale a pena tomar um empréstimo para começar um negócio? Descubra!

Pedir empréstimo para começar um empreendimento, é um bom negócio? Continue a leitura e saiba mais informações produtivas para o pontapé inicial de sua empresa.

Publicidade
Publicidade

Empréstimo para começar um negócio?

Empréstimo para começar um negócio

Você está querendo iniciar um novo empreendimento, mas não sabe se vale a pena tomar um empréstimo para começar?

Essa realmente é uma decisão difícil, e que não deve ser tomada sem uma análise criteriosa antes. Afinal, responder essa pergunta depende de alguns fatores.

O principal é: o lucro da empresa será superior aos juros pagos pela tomada do empréstimo? Se não for, simplesmente não valerá a pena.

Quer saber mais se vale a pena tomar um empréstimo para começar um negócio? Então continua com a gente mais alguns minutinhos por aqui.

Anúncios
Publicidade

Vale a pena tomar um empréstimo pessoal para empreender?

Depende. Essa é a resposta correta. Para respondê-la você precisa ao menos fazer um plano de negócios antes de começar o seu empreendimento.

Ou seja, você precisa avaliar qual será a lucratividade da sua empresa, quanto será necessário de dinheiro para investir nela, qual será o tempo de retorno do negócio.

Publicidade

Além disso, você vai precisar avaliar se no início a empresa irá dar lucro suficiente para já começar a pagar as prestações do empréstimo.

Sem contar outra questão: o lucro será todo para pagar o empréstimo, ou a empresa também será capaz de te remunerar nesse primeiro momento?

Se ela não for capaz de te remunerar, você tem outra fonte de renda para se segurar? Note que pensar em todos esses pontos é fundamental para a tomada de decisão.


Publicidade

Veja também:


Evite empréstimos de curto prazo para empreender

Mesmo que o lucro da empresa seja maior do que os juros pagos pelo empréstimo, você vai precisar pensar em outra questão: a devolução do capital.

Quando você paga uma parcela, o valor dela não representa apenas os juros do dinheiro que você emprestou da instituição financeira.

Publicidade

Ele representa também a devolução do capital. Ou seja, em uma parcela você paga uma parte de dinheiro que emprestou e uma parte dos juros pelo empréstimo.

Por isso, o negócio tem que ser lucrativo a ponto de pagar os juros e a devolução do capital. E muitas vezes isso não acontece.

Sendo assim, o ideal é que você tenha ao menos uma parte do dinheiro necessário para começar um novo empreendimento.

Isso ajudará a diminuir o valor da parcela e deixará a empresa mais capitalizada, evitando que você não consiga pagar o valor da parcela todos os meses.

Além disso, nunca tome dinheiro emprestado para pagar em um prazo curto. Quanto mais longo for o prazo, menor será a parcela e mais fôlego você terá.

Qual é o melhor empréstimo para começar um novo negócio?

Um bom empréstimo para começar a empreender é o empréstimo com garantia. Afinal, ele possui prazos maiores e taxas menores.

Publicidade

Em alguns casos os juros do empréstimo com garantia não ultrapassam 1% e o prazo chega em até 120 meses para pagar. Isso ajuda muito.

Publicidade

No entanto, se você não tem um carro ou casa para colocar em garantia, pode tentar um empréstimo pessoal no Banco Pan, por exemplo.

O importante, porém, é evitar empréstimos com juros altos como o cheque especial e o cartão de crédito. Pois os juros dessas modalidades poderão matar o seu negócio.

Lembre-se, contudo, que o segredo do sucesso está no planejamento que você faz antes de começar a empreender.

Até porque, sem um bom planejamento a chance do seu negócio fracassar é muito grande. Por isso, perca um bom tempo planejando antes de começar.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos e parentes nas suas redes sociais.

Publicidade