Empréstimo pessoal: PicPay vai liberar linha de crédito dentro do app

Reconhecimento Facial
Publicidade

Dentre as startups que estão se destacando mesmo em um cenário de crise, está o PicPay. A fintech não para de inovar e agora irá disponibilizar empréstimo pessoal para seus usuários.

A pandemia de coronavírus pegou muita gente de surpresa. De uma hora para outra fomos obrigados a nos trancar dentro de casa. Isso prejudicou, portanto, a renda de muitas, pessoas, gerando pavor e pânico geral.

Para ajudar a minimizar a situação tanto o governo federal quanto instituições bancárias passaram, dessa forma, a oferecer linhas de crédito para seus correntistas. Agora foi a vez do PicPay anunciar a sua linha de empréstimo pessoal.

Publicidade

A fintech apesar de estar trabalhando em regime home office segue a todo vapor. O seu crescimento é notório mesmo diante de uma pandemia que está afetando a vida de milhões de brasileiros.

Como irá funcionar o empréstimo pessoal do PicPay?

O PicPay atualmente oferece para seus clientes um serviço de pagamento e recebimento de contas. Desse modo, o usuário pode cadastrar um cartão de crédito e pagar com o limite do cartão qualquer conta que desejar.

Entretanto, além desse serviço que já é oferecido, a fintech passará a atuar em mais dois segmentos: cartão de crédito e empréstimo pessoal.

Segundo o próprio CEO da empresa, a ideia é criar unidades de negócio para reunir as duas soluções. Essas novidades reforçam ainda mais a estratégia da empresa em ampliar os serviços financeiros para os usuários da plataforma.

Estes serviços já possuem data para serem lançados?

Publicidade
Publicidade

O cartão de crédito está em fase de testes desde janeiro, e conta com uma parceria com o Banco Original. No entanto, apesar do empenho da empresa, esse serviço deverá demorar um pouco mais para estar disponível.

Já o empréstimo pessoal está previsto para ser lançado no mês que vem (junho). Esse projeto já está, portanto, em ajustes de prazos, taxas e demais condições para que seja colocado em prática.

Dessa forma, as primeiras operações já foram iniciadas na última semana. Porém, ainda não foi disponibilizado para nenhum usuário. A empresa entende, contudo, que entrar no mercado de crédito pessoal neste momento é assumir um risco bem maior.

Publicidade

No entanto, para minimizar o risco a fintech garantiu que irá seguir o modelo que já é adotado nos outros produtos da PicPay: financiamento e gestão do risco vindo dos parceiros. Isso possibilitará inclusive uma ampliação da linha de crédito.


Veja também:

Golpe do Auxílio Emergencial: mais de 11 milhões de pessoas caíram

Saiba como funciona o BluBank Mastercard

Empréstimo pessoal: Bradesco divulga linha com carência de 120 dias para pagar


Como será para solicitar o empréstimo pessoal do PicPay?

Embora esteja prevista para o próximo mês, a data para o lançamento do serviço ainda não foi oficialmente divulgada. Sendo que com a crise do coronavírus tudo pode mudar, pois afinal há um aumento do risco.

Publicidade
Publicidade

Este é um momento atípico para toda a humanidade. Praticamente todos os países do mundo estão tendo que lutar contra a pandemia. Muitos setores estão tendo que se reinventar para se manterem vivos.

A situação pegou muita gente desprevenido que neste momento está precisando desesperadamente de um empréstimo para conseguir pagar as contas básicas da casa. Contudo, não sabem como irão fazer para pagar o crédito.

Essa situação de risco também acende um sinal de alerta nas instituições financeiras, que estão procurando criar alternativas para atender os clientes sem que para isso a taxa de inadimplência vá nas alturas.

Enquanto o empréstimo pessoal do PicPay não sai, quem quiser pode abrir uma conta no aplicativo e começar a usá-lo para pagar as contas.

Publicidade

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.

Publicidade
privatização da Caixa Federal

FGTS: Caixa já prepara calendário para novos saques

Qual é o melhor cartão: C&A ou Riachuelo?