Financiamento de veículos: bancos digitais acirram disputas no setor

Em uma briga acirrada por participação no mercado, os bancos digitais estão avançando cada vez mais. Agora foi a vez do C6 Bank anunciar a sua entrada no setor de financiamento de veículos.

Publicidade
Anúncios

Financiamento de veículos

credito para veiculos

Os bancos digitais estão avançando de maneira bastante agressiva na oferta de crédito. E agora, eles decidiram entrar de vez na briga pelo financiamento de veículos. Quem está puxando a fila é o C6 Bank.

Esse é um mercado que movimenta aproximadamente R$ 15 bilhões por mês. Apesar do grande volume, 70% da concessão do financiamento de veículos se concentra em cinco grandes grupos: Bradesco, Banco Votorantim, Itaú, Panamericano e Santander.

De olho nesse imenso mercado, o C6 Bank começou a puxar a fila desse movimento entre os bancos digitais, e anunciou no início deste mês a sua estreia. Quer saber mais sobre a entrada do C6 Bank no financiamento de veículos? Vem com a gente.

CARTÃO C6 BANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO C6 BANK

CASHBACK
 
PONTOS
C6 Bank conta e cartão personalizados
Você permanecerá no site atual

C6 Bank estreia no financiamento de veículos

Conforme antecipamos, no início deste mês o C6 Bank anunciou a sua entrada no segmento de financiamento de veículos leves, com presença em 1,2 mil concessionárias e lojas independentes na região Sul e Sudeste.

Anúncios
Publicidade

Apesar de nesse primeiro momento ainda não estar sendo liberado financiamento para motos e caminhões, o C6 Bank destaca que em breve também começará a trabalhar com esses veículos.

Além disso, a expectativa do banco é avançar para outros cantos do Brasil e não ficar restrito somente à região sul e sudeste. As duas regiões foram escolhidas nesse primeiro momento por concentrarem o maior volume de financiamento de veículos no país.

Publicidade

De acordo com Ricardo Bonzo, responsável pela área de veículos no C6 Bank, as parcerias com os revendedores serão ampliadas mês a mês no ano que vem, com meta de chegar a 14 mil lojas em um “estágio de maturidade”.


Leia também:


Inteligência de dados para simplificar o processo

Apesar do mercado brasileiro estar bastante concentrado neste ramo, o C6 Bank enxerga uma grande oportunidade de entrar no segmento. Pois a intenção da instituição é oferecer um serviço diferenciado, ágil e com segurança para o cliente e revendedor.

Para isso, Bonzo afirma que o banco utilizará inteligência de dados para simplificar o processo. Dessa forma, será solicitado menos documentos e garantias do tomador de crédito, sem abrir mão da segurança e qualidade da concessão.

Publicidade

Para se ter uma ideia, com os dados do CPF ou da CNH do consumidor, além da placa ou chassi do veículo, a aprovação do financiamento pode ser bem rápida e acontecer em um prazo de 15 a 20 minutos.

Um dos pontos interessantes é que para o lojista o valor do crédito é enviado via Pix em operações que podem ser feitas em qualquer dia, incluindo finais de semana e feriados. Por isso, o C6 Bank pretende abocanhar uma boa fatia do mercado.

Testes feitos durante o mês de novembro

Antes de lançar definitivamente o serviço, o C6 Bank fez um teste ao longo do mês de novembro com operações-piloto envolvendo 60 lojas. Nesse tempo não foi registrada perda de posicionamento de preço ao cliente e o feedback foi que as taxas são competitivas.

Publicidade

Segundo Bonzo, o que torna os juros competitivos é o fato dos bancos digitais possuírem uma estrutura de custos mais enxuta. Afinal, não possuem agências e os custos de captação são menores.

Vale destacar que o C6 Bank que tem por trás o gigante americano JP Morgan, diz não ter limitação de funding, e além disso, se mostra preparado para sustentar o crescimento conforme o planejado.

O Banco pretende criar no final do primeiro trimestre de 2022 a carteira de autofinanciamento e o empréstimo pessoal que tem o automóvel como garantia. Em resumo, a expansão está apenas começando.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.