Inflação para 2021: qual é o cenário no país?

A pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe um cenário devastador para a economia. Entenda neste artigo, como essa realidade afetará a inflação em 2021.

Publicidade
Publicidade

Inflação para 2021

inflação para 2021

Sabemos que nem todas as pessoas conseguem avaliar os impactos da inflação em sua rotina. O desafio é ainda maior quando ela afeta os investimentos de renda fixa ou variável. Para completar, a pandemia do Covid-19 piorou o cenário. 

A inflação pode trazer várias consequências negativas para a rentabilidade e o poder de compra. Aqui neste artigo vamos mostrar quais são as projeções da inflação para 2021 e qual a melhor forma de garantir proteção.

Desenvolvemos um conteúdo sem palavras complicadas. Por isso, não perca mais tempo. Continue com a leitura e tire todas as suas dúvidas. 

Expectativa da inflação em 2021

Um dos maiores desafios em 2021 é definir qual será a inflação este ano. A dificuldade existe especialmente por causa da pandemia, que ainda não tem data para acabar no Brasil nem em outras partes do mundo. 

Anúncios
Publicidade

Para ter uma previsão mais assertiva, especialistas utilizam a ferramenta do Boletim Focus. Ele é divulgado toda semana pelo Banco Central (Bacen). O leitor tem acesso às tendências do mercado com algumas variáveis. 

A pesquisa é conduzida com grandes gestores, bancos e outras instituições que pertencem ao mercado financeiro. Durante todo o ano, os agentes do mercado são acionados para mostrar quais são as suas projeções para o cenário econômico. 

Publicidade

Inflação oscila durante o ano 

As expectativas são semelhantes a tabela do campeonato brasileiro. No decorrer do ano, ela sofre muitas alterações. Em janeiro de 2020, por exemplo, o valor da inflação era estimado em 3,6%. Por causa das transformações que ocorreram no mundo, o valor atingiu a marca de 3,25%. 

Em 13 de novembro de 2020, o mercado tinha uma expectativa confiável para a inflação em 2021. Naquele período, o valor era 3,22%. É fundamental deixar claro que a previsão foi conduzida em uma realidade bastante diferente dos últimos anos. 

Além da pandemia, as alterações no cenário econômico e político impactam diretamente na inflação. 

Publicidade

Por causa dessa montanha russa, o Bacen faz consultas semanais para descobrir as melhores estimativas da inflação. 

O impacto devastador da pandemia 

A pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe um cenário devastador para a economia em 2021. No ano passado, a crise sanitária teve um efeito cascata afetando empresas de vários segmentos. O aumento do desemprego foi outra consequência negativa que afundou o país. 

Para reduzir os problemas com a economia, houve a flexibilização do comércio. Mas isso não é o bastante. É essencial criar uma estratégia que reduz a pandemia sem prejudicar o desenvolvimento econômico. 

Publicidade

A vacina traz expectativas para dias melhores em 2021. A recuperação da renda e os outros programas do governo também influenciam nos resultados. 

Saiba mais sobre em: 

Os piores e melhores investimentos 

No cenário de pandemia, recomendamos não aplicar o seu dinheiro em investimentos de baixa rentabilidade. Isso porque a chance de perder dinheiro é maior, especialmente em momentos do ano em que a inflação sobe, e a Selic cai no ranking. 

Aplicar o seu capital na caderneta de poupança não é um ótimo negócio. Afinal, para conseguir estabilidade no poder de compra, você deve fazer uma aplicação que esteja pelo menos algum percentual acima da inflação.  

Para se proteger da volatilidade da inflação, vale a pena investir em Tesouro IPCA e Fundos Imobiliários. 

Após conhecer quais são as estimativas da inflação para 2021, conheça como funciona um cartão de crédito com limite de investimento.

Publicidade