Juros: entenda como eles impactam a economia e seus investimentos

Recentemente o Copom aumentou a taxa Selic para 5,25% ao ano, impactando diretamente na inflação, consumo e também em investimentos de renda fixa que se tornam mais atrativos neste momento.

Publicidade
Anúncios

Impacto dos juros nos investimentos

Taxa Selic

Quando há uma alta ou queda na taxa de juros não é só o crédito que sofre impacto no país, mas também grande parte dos investimentos. Por exemplo, quando a taxa Selic cresce, a rentabilidade dos ativos de renda fixa também tende a crescer.

Além disso, alguns investimentos em renda variável também sofrem esse impacto. Inclusive, essa é uma das finalidades da Taxa Selic. Por tornar o investimento mais atraente quando ela está alta, o consumo tende a diminuir.

Por isso, ela é uma ferramenta usada pelo Copom para estimular ou desestimular o consumo. Portanto, quando a inflação está alta como atualmente, há um aumento na taxa de juros para diminuir a demanda e consequentemente controlar a inflação.

CARTÃO MEU BMG
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO MEU BMG

SEM ANUIDADE
 
CASHBACK
Cartão sem anuidade, meu BMG ou do seu time do coração
Você permanecerá no site atual

Quais são os investimentos afetados pelo aumento da Taxa Selic?

Praticamente todos os investimentos do mercado financeiro são afetados pelo aumento da Taxa Selic, embora alguns sofram uma interferência direta e outros indireta. Nesse sentido, os investimentos afetados diretamente são aqueles de renda fixa.

Anúncios
Publicidade

Por exemplo, grande parte desses investimentos tem a rentabilidade atrelada ao CDI que costuma acompanhar a taxa básica de juros da economia. Dessa forma, o CDB e a própria poupança que seguem o CDI se tornam mais atrativos.

Além disso, investimentos como Tesouro Selic também são afetados diretamente, passando a ter mais atratividade. Contudo, é preciso alguns cuidados, pois como o aumento da taxa Selic tende a diminuir a inflação, alguns investimentos podem sofrer o efeito reverso.

Publicidade

Esse é o caso do Tesouro IPCA+ que tem a sua rentabilidade indexada nesse índice que mede a inflação. Portanto, se a expectativa dele é cair, o investidor precisa fazer a migração para outros ativos mais próximos da Selic.


Veja também:


Como a taxa de juros afeta os investimentos de renda variável?

A renda variável acaba seguindo o caminho oposto em um cenário de alta na taxa Selic. Afinal, ela costuma expor o investidor a um risco maior, e quando um investimento de menor risco se torna mais atraente há migração de investimentos.

Ou seja, os investidores tendem a vender as ações na Bolsa de Valores e colocarem o seu capital em ativos de renda fixa. Como consequência, a rentabilidade dessas empresas costuma cair, embora essa não seja uma regra.

Publicidade

Além disso, pelo fato dos juros estarem mais elevados, o crédito se torna menos atrativo, e grande parte das empresas deixa de tomar empréstimos para expandir a sua produção, até porque o próprio consumo também estará menor.

Sendo assim, em tempos de taxa Selic elevada, há menos atratividade na renda variável e mais atratividade na renda fixa. Portanto, as próprias corretoras de valores costumam ajustar as carteiras dos clientes fazendo essa migração.

O que mais impacta com a alta da taxa Selic?

Um outro impacto que o aumento na taxa Selic traz é em relação ao câmbio. Afinal, quando a taxa básica da economia aumenta, se torna mais atrativo investir em ativos seguros no país, atraindo inclusive investidores externos.

Publicidade

Esse capital especulativo que chega ao Brasil faz com que as reservas de dólar cresçam, e como o câmbio por aqui segue o regime flutuante, o aumento de entrada de capital estrangeiro faz o real se valorizar frente ao dólar.

Portanto, como é possível ver, o aumento da taxa selic impacta desde os investimentos em renda fixa, até investimentos em renda variável e câmbio. Por isso, entender isso é fundamental para melhorar a sua aplicação financeira.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.