Marketplace Nubank: conheça o novo recurso da fintech

Com o objetivo de ampliar ainda mais o engajamento dos seus clientes e aumentar a sua rentabilização, o Nubank passou a oferecer um novo recurso dentro do App: o marketplace, que venderá de celular a sapato.

Publicidade
Anúncios

Marketplace Nubank

marketplace Nubank

O Nubank é conhecido por ser um dos bancos mais inovadores do Brasil e do mundo. E faltando apenas duas semanas para sua estreia na Bolsa de Nova York, a instituição quer acelerar o seu plano de crescimento.

Para isso, a fintech acaba de entrar no segmento de marketplace e venderá produtos que vão desde celulares a calçados. A nova frente de negócios do Nubank entrou em operação na última terça-feira (23).

E na sua estreia já contou com as gigantes do e-commerce Magazine Luiza e a chinesa AliExpress. Além delas, outros parceiros de peso como Dafiti e Allied também já estão vendendo pelo marketplace do Nubank.

CARTÃO NUBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO NUBANK

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão de crédito com diversos benefícios!
Você permanecerá no site atual

Inovação dentro do aplicativo

A estreia do marketplace do Nubank vem mostrar como a inovação está no DNA da instituição. Agora, além de tudo que já era oferecido, os clientes do Nubank vão poder também fazer compras diretamente no App.

Anúncios
Publicidade

Neste primeiro momento, conforme antecipamos, já estão presentes o Magazine Luiza, AliExpress, Dafiti e Allied. Portanto, já é possível encontrar as marcas mais famosas do mercado dentro do Nubank.

Isso quer dizer que você pode comprar um celular Samsung, Motorola e Xiaomi de maneira muito simples e intuitiva. Vale destacar que esse é apenas o começo, e o número de vendedores deverá aumentar ainda mais na próxima semana.

Publicidade

Agora com o lançamento do marketplace, o Nubank deverá ampliar de maneira mais expressiva a recorrência de uso do aplicativo pelos clientes, colaborando para o aumento do uso de serviços financeiros na sua plataforma.


Veja também:


Novidades deverão ser anunciadas em breve

O Nubank não informou se pretende oferecer crédito para compra de produtos no seu marketplace. Entretanto, David Vélez, CEO e fundador da instituição, diz que a fintech está procurando maneiras de melhorar ainda mais a sua atuação.

Ele salienta que com essa nova vertical, o Nubank pode fornecer serviços em muitas áreas da vida dos seus clientes. Neste primeiro momento, o acesso ao marketplace está disponível apenas para os clientes do banco no Brasil.

Publicidade

A instituição tem uma base de 48,1 milhões de clientes no Brasil, Colômbia e México, sendo que ao final do terceiro trimestre, 35,3 milhões dessa base eram considerados clientes ativos mensais.

Esses dados mostram que a estratégia de ampliar o número de produtos e serviços está surtindo efeito na meta de elevar o engajamento dos clientes e ampliar a rentabilização da instituição. E esse é apenas o começo.

Inovação vem desde o lançamento do Nubank

Desde quando foi lançado, o Nubank está em constante transformação. Só para ter uma ideia, desde julho, a instituição passou a oferecer serviços financeiros como transferências internacionais através da Remessa Online.

Publicidade

Além disso, também estão sendo oferecidos empréstimos com garantia de veículos por meio da Creditas. Por conta disso, o Banco vem conseguindo elevar a chamada ARPAC (receita média mensal por cliente ativo).

Entretanto, muito ainda precisa ser conquistado nessa direção e por isso a estratégia de juntar serviços financeiros com produtos de outros segmentos é vista com bons olhos. Afinal, há grandes players tendo resultados nessa área como Inter, BTG+, Itaú Unibanco e o C6 Bank.

O próprio Banco Pan também está caminhando nessa direção e fez um dos movimentos mais agressivos recentemente ao comprar a Mosaico que é a maior empresa em conteúdo e originação de vendas de e-commerce do país.

O Nubank que está em fase final para abrir o seu capital em Nova York com BDRs negociados na B3 não quer ficar para trás. Afinal, a instituição é uma das maiores do mundo e nos próximos dias deverá movimentar até US$ 3,6557 bilhões de dólares com o IPO.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.