2 milhões de brasileiros se tornaram investidores em 2020. Entenda!

Juros baixos e novas modalidades de investimento fizeram com que mais de 2 milhões de brasileiros começassem a investir no último ano. Saiba mais a seguir.

Publicidade
Anúncios





Brasileiros se tornaram investidores em 2020

milhões de brasileiros se tornaram investidores

O número de brasileiros que investem em ações na Bolsa de Valores deu um verdadeiro salto entre maio de 2019 e outubro de 2020.

No início de 2019, a B3 contava com aproximadamente 1 milhão de investidores. Esse número saltou para 3,2 milhões em outubro de 2020. Mas o que fez 2 milhões de brasileiros se tornarem investidores no ano passado?

Para entender o perfil deles, a B3 realizou uma pesquisa, e o principal motivo para a migração foi a baixa taxa de juros praticada no último ano. Quer saber mais sobre essa pesquisa? Continue mais alguns minutinhos por aqui.

Por que 2 milhões de brasileiros se tornaram investidores em 2020?

De acordo com a pesquisa, 44% dos novos investidores entraram na Bolsa por razões ligadas aos juros baixos praticados nos últimos anos. No entanto, 56% dos respondentes disseram que a maior motivação era aprender uma nova modalidade de investimento.

Anúncios
Publicidade

Foi observado que 74% dos novos investidores são homens, mas apesar de serem maioria, as mulheres também estão chegando. Dos 3,2 milhões que investem na Bolsa, 809 mil são mulheres, isso é mais do que o dobro de 2019.

A pesquisa também revelou que 39% destes novos investidores se definem como ousados. Ou seja, preferem correr mais risco em busca de rentabilidades maiores. Esse indicador mostra que o perfil do brasileiro é menos avesso ao risco.

Publicidade

Um outro ponto interessante está na renda dos novos investidores. Só para ilustrar, 56% deles têm renda mensal familiar de até R$ 4.999. Ou seja, o acesso aos investimentos em renda variável está aumentando entre as classes C e D.

Até algum tempo atrás muita gente acreditava que investir na Bolsa de Valores era viável somente para quem tinha bastante dinheiro. Agora essa realidade já está mudando. Afinal, o ticket médio do primeiro investimento de cada pessoa foi de R$ 660.

Em 2018, esse ticket médio era de R$ 1.916, indicando que realmente está acontecendo uma democratização nos investimentos, e que a baixa na Taxa Selic está colaborando para que isso aconteça.

O que mais se observou sobre os novos investidores?

Publicidade

Um outro dado interessante revelado pela pesquisa é a idade dos novos investidores. Afinal, 68% deles têm entre 18 e 34 anos, mostrando que a geração Z está um pouco mais afinada com o tema.

Os novos investidores também possuem uma preferência maior por ações (72%), embora o fundo de investimento imobiliário tenha sido a opção de 32% dos novos entrantes.

De acordo com a pesquisa, eles estão gostando de investir na Bolsa, até porque 76% afirmaram que investiriam na B3 novamente e 86% têm interesse em investir em ações de empresas estrangeiras, o que explica também a expansão das BDR´s.

Publicidade

Veja também:


Investimento em renda variável deverá continuar crescendo

O que foi observado diante da pesquisa realizada pela B3 é que a cultura de investimentos no Brasil está mudando. Até algum tempo atrás era muito comum as pessoas simplesmente colocarem o dinheiro na poupança.

Agora, com mais acesso à informação, muitos investidores estão diversificando mais seus investimentos, buscando assim melhorar a rentabilidade. Essa cultura de investimento em ações já é bem difundida nos EUA.

No Brasil, apesar de estar começando, ela tem tudo para crescer, até porque, bancos digitais como o Inter, Nubank e Neon estão procurando ampliar essa cultura.

Isso é justificado pelo fato de no ano passado o Neon ter comprado a Magliano Invest enquanto o Nubank adquiriu a Easynvest. Ou seja, ambas instituições irão começar a oferecer a oportunidade de investimento em renda variável para seus clientes.

Se em 2020 triplicou o número de brasileiros investindo na Bolsa, daqui para frente esse valor deverá crescer ainda mais. Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos seus amigos nas redes sociais.

Publicidade