6 dicas para não cair em ciladas financeiras!

A tecnologia avançou mas também nos deixou vulneráveis, já que não temos controle das informações que recebemos e que compartilhamos. Saiba como não cair em ciladas financeiras!



Anúncios



Anúncios

Proteger o dinheiro e os dados pessoais

É muito fácil comprar e vender pela internet, realizar transações bancárias e até mesmo enviar fotos de documentos pessoais via WhatsApp, afinal, tais operações levam apenas alguns segundos.

Mas, é preciso se atentar para a segurança e proteção dos dados pessoais, pois não sabemos quem está do outro lado recebendo essas informações – nem quais são as suas intenções. Devido à pandemia que estamos vivendo, o número de pessoas comprando pela internet aumentou, crescendo também o número de consumidores prejudicados por alguma cilada.

Neste artigo, você saberá como não cair em ciladas financeiras e se atentar para a proteção dos seus dados!


Veja também em:



Anúncios


Como diferenciar o que é real, de uma cilada?

Não é pequeno o número de pessoas que caem em ciladas, seja na internet ou em estabelecimentos físicos. Mas, com algumas dicas e truques é possível saber quando uma situação pode ser configurada como uma cilada:



Anúncios

  • Pessoas desconhecidas começam a pedir dados pessoais, seja por telefone ou e-mail;
  • Anúncios na internet que prometem ganhos extraordinários de dinheiro;
  • Sites que afirmam que basta comprar e pagar um determinado produto/serviço, para ganhar um grande prêmio;
  • Números de telefone que efetuam ligações em horários não-comerciais;
  • Recebimento de e-mails em nome de órgãos Federais, como Receita Federal, INSS ou de bancos, afirmando que há uma dívida ou o risco de perder o benefício (caso tenha);

Todas essas informações podem parecer bem óbvias, mas elas são o motivo de milhares de pessoas terem os seus dados clonados, bem como serem extorquidas! Por isso, todo cuidado é pouco quando se trata de divulgar ou receber quaisquer informações, principalmente nos tempos em que vivemos, onde é preciso economizar ao máximo na pandemia.

Como não cair em ciladas?

Todo cuidado é pouco quando se trata de proteger os dados pessoais, por isso não se pode vacilar na lida com as informações na internet:

1-Pirâmide financeira

Essa é uma prática ilegal, onde se promete um grande lucro aos integrantes, geralmente envolvendo criptomoedas ou prêmios exorbitantes. A pirâmide financeira é uma das maiores ciladas que circulam por aí, pois trata-se de extorsão de dinheiro a fim de sustentar uma pirâmide de pessoas.

2-Não existe dinheiro rápido e fácil

Fuja de propostas como: “invista apenas um valor X e ganhe 100% de lucro”. Sabemos que toda grande empresa não nasceu do nada, nem mesmo foi uma trajetória fácil dos empresários. Agora adicione uma dose extra de crise econômica e reflita: é possível ganhar dinheiro fácil na pandemia?

3-Faça pesquisas

Recebeu uma proposta duvidosa? Use a internet a seu favor e pesquise tudo sobre a empresa. Desconfie de sites recentes demais, que contenham muitos erros de português e não tenha as informações do produto ou serviço de forma clara.



Anúncios

4-O ego é o foco

A estratégia mais utilizada para fazer as pessoas caírem, é mostrar “supostos resultados” de pessoas que ganharam muito dinheiro fazendo apenas uma aplicação no valor tal, e isso inclui propagandas de carros de luxo, casas enormes e muita ostentação.

5-Se passam por órgãos federais

A ousadia é tão grande, que as ciladas têm até nome de órgãos federais, como a Receita Federal e INSS (como mencionamos acima). A dica é: não responda e-mails desse tipo, nem mesmo mensagens de WhatsApp.

Esses órgãos geralmente não entram em contato por e-mail, mas sim por cartas endereçadas ao contribuinte. Na dúvida dirija-se até o local e confirme se eles enviaram alguma mensagem ou não.

6-Bilhete premiado

Ah, essa cilada é uma das mais conhecidas! Trata-se de um suposto bilhete premiado, onde as pessoas precisam pagar um valor para obter um prêmio. Imagine só: pagar para receber algo que supostamente já ganhou?

Não deixe de alertar os seus familiares e amigos sobre essas ciladas, para que eles não caiam nelas!



Anúncios