Novo Bolsa Família: trabalhadores informais deverão ser incluídos no programa

Novidade no Bolsa Família: a inclusão de trabalhadores informais, diaristas e outros trabalhadores sem vínculo CLT no benefício deverá criar uma segurança para eles.

Publicidade
Anúncios

Novo Bolsa Família

construction

O governo federal está estudando criar um novo bolsa família. Esta proposta que está em negociação deverá incluir os trabalhadores informais no programa.

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, a intenção do governo em incluir trabalhadores informais, diaristas e outros trabalhadores sem vínculo CLT no benefício é criar uma segurança para eles.

A pandemia de coronavírus mostrou que existe uma fatia da população que apesar de trabalhar diariamente, está completamente vulnerável a qualquer problema que venha a afetar a suas rendas.

Desse modo, um novo benefício social, parecido com o Bolsa Família, está sendo estudado para incluir esses trabalhadores também.

Anúncios
Publicidade

Novo Bolsa Família deverá ser ainda mais abrangente e eficaz

Em uma reunião ministerial que aconteceu na semana passada, Paulo Guedes afirmou que o Novo Bolsa Família deverá ser ainda mais abrangente e eficiente.

Afinal, de acordo com o próprio ministro, serão incluídos dentro do programa os trabalhadores informais, ambulantes, diaristas e outros trabalhadores que não possuem vínculo com a CLT.

Publicidade

A ideia do governo federal é batizar o novo programa de Renda Brasil. Entretanto, é preciso lembrar que este programa ainda está em fase de formulação, e portanto os detalhes ainda não foram divulgados.

Desse modo, também não foram divulgados os valores que cada beneficiário irá receber, qual será o custo do programa e nem de onde sairão os recursos para tal.

No entanto, Paulo Guedes pretende oficializar o projeto logo depois do pagamento do auxílio emergencial. 

Por que os trabalhadores informais serão incluídos?

Publicidade

A princípio, a ideia do governo é gerar um pouco mais de segurança para esses trabalhadores que se viram sem renda durante a pandemia.

O que se viu, foi que diante de uma situação dessas, essa camada da população estava totalmente desprotegida. Portanto, para se evitar uma situação igual em uma possível crise futura, é que o governo vem pensando em soluções.

Ao todo, aproximadamente 50 milhões de pessoas fizeram o cadastro para receber o auxílio emergencial do governo. Isso chamou a atenção das autoridades.

Publicidade

São, portanto, milhares de pessoas que vivem em uma situação de renda intermediária. Ou seja, não são pessoas de baixa renda, mas ao mesmo tempo possuem uma vulnerabilidade bastante alta.

Caso dê certo, o programa Renda Brasil, irá ser ainda mais abrangente e eficaz que o Bolsa Família, pois proporcionará mais segurança para milhões de brasileiros que trabalham na informalidade.


Veja também:


Otimismo em relação a retomada econômica

Além da criação do programa, Paulo Guedes, em uma reunião na Câmara com ministros e parlamentares, se mostrou otimista em relação à retomada econômica no Brasil.

Ele falou sobre os projetos prioritários que precisam ser votados pelo Congresso para garantir que o país supere o recesso econômico mais rapidamente.

Para o ministro da Economia, o Brasil está se sobressaindo da crise. Ele inclusive citou que o desemprego está sendo superado de forma melhor que os Estados Unidos, e isso é motivo para comemorar.

Publicidade

Além disso, ele também deixou claro que será necessário investimentos em infraestrutura para que a retomada econômica pós-pandemia aconteça mais rapidamente.

Publicidade

Entretanto, não ficou claro se esse gasto na infraestrutura será público ou privado. Embora, a política econômica defendida por Paulo Guedes, sempre foi de estímulo ao investimento privado.

Portanto, a ideia é que as reformas tributárias e administrativa avancem no Congresso para tornar o Brasil mais atraente em relação aos investimentos estrangeiros. Com o câmbio desvalorizado, o país já se tornou barato para os investidores.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.