Renda Brasil: governo vai criar aplicativo para cadastro

O Renda Brasil é um programa de distribuição de renda do governo federal que visa auxiliar as pessoas de baixa renda com maior amplitude que o Bolsa Família. Confira.

Publicidade
Publicidade

Renda Brasil

renda brasil

O Programa Renda Brasil do governo federal deverá ser anunciado ainda este ano, e ao que tudo indica terá um aplicativo específico.

De acordo com o próprio governo, o aplicativo terá como objetivo atender os beneficiários com serviços essenciais como cadastro e consulta por exemplo.

A expectativa é que o app seja lançado entre os meses de setembro e outubro deste ano, para que então o programa seja anunciado.

Lembrando que o Renda Brasil é um programa de distribuição de renda do governo federal que visa auxiliar as pessoas de baixa renda com amplitude maior que o Bolsa Família.

Anúncios
Publicidade

A ideia, a princípio, é ter uma plataforma onde diversos programas assistenciais do governo sejam unificados, formando assim o Renda Brasil.

Como será o aplicativo do Renda Brasil?

O aplicativo do Renda Brasil será uma plataforma onde os beneficiários poderão se cadastrar para solicitar o benefício assim como consultar o próprio benefício.

Publicidade

O governo federal pretende lançar o aplicativo logo na sequência do auxílio emergencial, possibilitando que as famílias mais desprotegidas sofram menos com a crise.

Esse novo programa irá unir o Bolsa Família, abono salarial, seguro-defeso e também o salário família. Dessa forma, o valor pago ao Renda Brasil seria superior a todos os benefícios acima citados.

No entanto, o governo vai precisar trabalhar bastante a questão tecnológica desse aplicativo para atender toda a demanda que se pretende.

Publicidade

Até porque, todos os aplicativos criados até o momento para atender a população durante a pandemia não ofereceram uma boa experiência para os usuários.

Diversos foram os problemas enfrentados como fraudes, bugs e também demora no acesso. O aplicativo Caixa Tem, por exemplo, chegou a demorar mais de duas horas para que os clientes pudessem acessá-lo.

Governo pretende aprender com erros anteriores

Segundo o próprio governo, os erros nos aplicativos anteriores ajudaram a evitar que problemas futuros possam surgir na nova aplicação do governo.

Publicidade

Por isso, a ideia é que o aplicativo do Renda Brasil será mais fácil de ser manuseado com uma experiência ao usuário muito melhor do que os atuais.

Nele, os usuários poderão fazer o cadastro e depois ter acesso aos programas assistenciais do governo federal.

A equipe de TI vem trabalhando para que este aplicativo não contenha os mesmos erros que os demais e com isso consiga suportar toda a demanda.


Veja também:


Renda Brasil será a marca do governo

O governo do PT teve como marca registrada a criação do Bolsa Família, o que lhe rendeu uma boa popularidade, principalmente entre as camadas mais baixas da população.

Agora com o renda Brasil, o governo Bolsonaro pretende lançar a sua marca. Pois esse programa pretende ser ainda mais abrangente que o Bolsa Família e deverá ser usado certamente nas propagandas eleitorais.

Publicidade

Até porque, o próprio auxílio emergencial mostrou-se bastante benéfico e foi capaz de aumentar a popularidade do presidente mesmo diante de uma das piores epidemias da história do país.

Publicidade

A princípio o governo está estudando prorrogar o auxílio emergencial até o final de 2020 e na sequência anunciar o programa Renda Brasil.

Sendo uma jogada política ou não, a verdade é que programas assistenciais são extremamente necessário para evitar que as camadas mais baixas da população voltem para a linha da extrema pobreza.

Portanto, ao que tudo indica, o Brasil terá em breve o seu mais amplo e também mais abrangente programa de distribuição de renda da história.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário,sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.