Prepare o bolso: o que muda nas contas em 2021? Descubra aqui!

Estão previstos mais aumentos nos gastos dos brasileiro. Seja para o setor de imóveis, alimentação, saúde, entre outros. Saiba mais a seguir.

Publicidade
Anúncios

O que muda nas contas em 2021?

o que muda nas contas

Recentemente, a revista Times classificou 2020 como o pior ano da história. A crise causada pelo novo coronavírus influenciou bastante nessa decisão. Para os brasileiros, existem também outros motivos: os boletos

A expectativa é que o Ano Novo traga diversos tipos de aumento, seja para o setor de imóveis, alimentação, saúde, entre outros. 

Mas o que muda nas contas em 2021? 

É isso que vamos discutir no artigo de hoje. 

Anúncios
Publicidade

Descubra o que pode afetar o seu bolso pelos próximos meses.

Vamos lá? 

Publicidade

Aluguel em alta 

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP -M) é a inflação do aluguel. No decorrer de 2020, ela prejudicou bastante o bolso dos brasileiros. Para se ter uma ideia, o valor teve um aumento de 21,97%. 

Essas mudanças podem ser explicadas por vários motivos. Dentre os mais comuns encontram-se: desvalorização do real e avanço nos preços das commodities.

Com o aumento do índice, os valores do aluguel devem ser aumentados em 2021. No entanto, recomendamos utilizar o seu poder de persuasão para negociar parcelas menores com o dono do imóvel. 

Juros acima da média 

Publicidade

A tendência é que a inflação aumente no próximo ano e, junto com ela, os juros deverão prejudicar o planejamento financeiro. A expectativa é que a taxa básica de juros (Selic) termine 2021 a 3% ao ano. O valor é maior do que em 2020, que ficou na casa dos 2%. 

Mesmo com essas mudanças, os juros ainda são baixos se comparados com os anos anteriores. Por outro lado, elas podem aumentar o custo dos empréstimos em nosso país. 

Planos de saúde 

Aqui, vale um alerta importante para as pessoas que têm planos de saúde. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) definiu em novembro que eles deverão mudar os valores de 2020 de forma diluída em 12 meses. A alteração vale a partir de janeiro de 2021. 

Publicidade

A Diretoria Colegiada da ANS informa que as operadoras devem ser transparentes sobre as alterações. Você pode observar a cobrança que será emitida com detalhes no boleto, que deve ter o valor da mensalidade e da recomposição. 

Conta de luz 

Desde dezembro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi alterada para bandeira vermelha. A mudança ocorre porque a capacidade de energia está comprometida devido aos baixos níveis dos reservatórios. Se o cenário persistir, a tendência é que a cobrança continue pelos próximos meses.

Veja mais sobre em: 

Alimentos

Sem dúvidas, os alimentos foram considerados grandes vilões da inflação em 2020. A tendência é que o aumento seja menor em 2021. As mudanças dependem de vários fatores, entre os quais: valor das das commodities no mercado internacional, do comportamento do real em relação ao dólar e as condições da safra

Para lidar com as contas da melhor forma, nunca é demais lembrar o quanto o planejamento financeiro é importante. Com essa ferramenta, você consegue entender melhor quais são os seus gastos, para onde está indo o seu dinheiro e quais são os custos que devem ser eliminados da rotina. 

Vale também conversar com os seus familiares. As dívidas não são exclusivas de apenas uma pessoa. Portanto, se você mora com o esposo (a) e seus filhos, vale a pena marcar uma reunião para entender de que forma cada um pode ajudar na economia da casa. 

Publicidade

Após descobrir o que muda nas suas contas em 2021, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas importantes para as finanças, como conta digital, cartão de crédito, empréstimos, investimentos e muito mais.