Cartão de crédito: Pagar o mínimo da fatura aumenta o score?

Publicidade
Anúncios

Quem é que nunca se viu apertado em um mês, não é mesmo? Mas até que ponto pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito interfere no score?

Todo mundo que tem cartão de crédito já deve ter ouvido falar em crédito rotativo. Ele é como se fosse um empréstimo dentro do próprio cartão. Desse modo, você pode pagar um valor mínimo, sob a condição de pagar juros sobre essa diferença.

Apesar de aliviar as contas do mês sem tornar-se inadimplente, essa opção nem sempre é a melhor, visto que os juros do rotativo do cartão são bastante agressivos. Além disso ainda há o impacto sobre o score de crédito.

Como o crédito rotativo interfere no score?

Primeiramente, vale enaltecer que concentrar todas as suas contas no cartão de crédito aumenta o score, pois os birôs de crédito passam a ter mais informações sobre como você usa o seu crédito.

Anúncios
Publicidade

Pois, dentre os fatores considerados para a pontuação, o histórico de pagamentos é um dos que têm maior peso. Por isso, ao deixar de pagar uma fatura do cartão, há um impacto bastante negativo sobre o seu score.

Nesse caso, pagar o mínimo do cartão é uma opção melhor, mas quando vira o mês para a próxima fatura, o score também é impactado negativamente. 

Publicidade

Um outro ponto negativo é usar sempre todo o limite de crédito. Isso acende a bandeira vermelha dos credores, pois passa a impressão de que você não tem dinheiro suficiente para pagar todas as suas contas.

O ideal é usar parte do cartão de forma constante. Quanto mais tempo você usar o cartão pagando a fatura integral em dia, melhor. Isso mostra consistência e uso responsável do cartão, o que é bem visto para os credores.


Leia também:


Novos pedidos de cartão de crédito pioram a pontuação?

Publicidade

Um outro fator que também contribui negativamente para o score é realizar muitos pedidos de cartões de crédito em um curto período de tempo.

Isso reduz a idade do crédito e também mostra para os credores que você está desesperado precisando de dinheiro. Quando isso acontece, certamente o seu score de crédito será comprometido.

No entanto, é preciso não confundir isso com diversidade de crédito que ajuda a melhorar o score. Ou seja, se você possui cartão de crédito, crediário em lojas, empréstimos e financiamentos e paga tudo em dia, seu score será alto.

Publicidade

Isso mostra aos credores que você sabe gerir bem diversos tipos de dívidas. E quanto mais tempo você tiver em cada uma das linhas de crédito, melhor. Por isso, diversificar as dívidas é sempre uma boa opção.

Então pagar a fatura mínima do cartão não é indicado?

Pagar o mínimo da fatura do cartão é melhor do que ficar inadimplente. No entanto é preciso evitar esse tipo de empréstimo.

Por isso, se acontecer algum imprevisto em um determinado mês que irá impossibilitar você de pagar a fatura integral do cartão, o melhor a se fazer é unir o útil ao agradável. Ou seja, pegar um empréstimo pessoal parcelado para pagar a fatura toda.

Com isso, você terá mais folga no fluxo de caixa, o seu mix de crédito irá se ampliar, os pagamentos estarão em dia, e você ainda por cima economiza com juros. Somente pague o mínimo da fatura se não houver realmente mais opções.

Saber gerenciar o crédito é muito importante para manter o seu score alto. Por isso, quando acontecer alguma situação de aperto, evite entrar em desespero e procure pensar na melhor solução para a resolução do problema.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.

Publicidade