Auxílio emergencial – Confira o passo a passo para fazer a solicitação

O auxílio destinado para profissionais liberais e autônomos visa minimizar os impactos gerados pela crise do coronavírus no Brasil. Saiba a seguir, como solicitar o seu.

Publicidade
Publicidade

Auxílio emergencial

caixa

Desde o dia 07 de abril já está disponível o aplicativo da Caixa para profissionais liberais realizarem o cadastro para solicitar o auxílio emergencial no valor de R$ 600 que está sendo disponibilizado pelo governo.

Esse auxílio destinado para profissionais liberais e autônomos visa minimizar os impactos gerados pela crise do coronavírus no Brasil, principalmente para essa categoria de trabalhadores que estão mais desprotegidos.

Estima-se que cerca de 43 milhões de brasileiros trabalham na informalidade, como autônomos e como MEI´s. Por não possuírem seguro-desemprego e nem uma renda fixa, esses profissionais sofrem, portanto, mais em um recesso econômico.

Então, se você se enquadra nessas categorias, dá só uma olhada no passo a passo que separamos para você fazer o seu cadastro.

Anúncios
Publicidade

Passo 1 – Acesse o site ou baixe o aplicativo da Caixa

O primeiro passo é baixar o aplicativo “Caixa | Auxilio Emergencial” que está disponível tanto para sistema Android quanto iOS. Caso prefira é possível acessar o site https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio e fazer o cadastro por ele.

Caso tenha alguma dúvida, você pode ligar no telefone 111 e esclarecer todas as perguntas que deseja. Feito isso, é preciso acessar o site ou app.

Publicidade

Passo 2 – Clicar em realizar solicitação

Após acessar o site ou app é preciso clicar no botão realizar solicitação. Ao fazer essa ação você será direcionado para uma outra página onde poderá ver quais são os critérios que precisam ser cumpridos.

É importante ficar atento aos critérios, pois se um deles não estiver em conformidade, certamente o benefício será negado posteriormente.

Depois de ler os critérios, se você se enquadra neles clique em “Declaro que li e tenho ciência que me enquadro em todas as condições acima” e depois em “Autorizo o acesso e uso dos meus dados para validar as informações acima.”

Publicidade

Feito isso, você precisa, entretanto, clicar no botão “Tenho os requisitos, quero continuar”, para então ir para a próxima etapa do cadastro.

Passo 3 – Preenchendo os dados para solicitar o auxílio emergencial

Após clicar no botão mencionado, você será direcionado para uma tela onde deverá preencher o seu nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

Posteriormente deverá clicar na caixinha “não sou um robô” onde aparecerá algumas figuras que você deve selecionar de forma correta para realmente comprovar que você não é um robô.

Publicidade

Certificando-se de que todos os dados estão preenchidos corretamente, basta clicar em continuar para ir para o próximo passo.


Veja também:


Passo 4 – Informar o número do celular e operadora

O Próximo passo será informar o número do seu celular e a operadora dele como: Tim, Oi, Vivo, Claro, etc.

Ao informar o número do celular a operadora você irá receber um código de verificação em até 10 minutos via SMS. Esse código deverá ser informado na próxima tela que aparecerá para você. Feito isso clique em continuar.

Passo 5 – Preencher mais informações para solicitar o auxílio emergencial

Depois de informar o código você precisará completar o cadastro com mais informações como: ganho mensal, profissão, cidade e estado onde reside. Após preencher corretamente, clique em continuar.

Você será, portanto, direcionado a uma nova tela onde deverá informar quantas pessoas que possuem CPF residem na sua casa.

Publicidade

Nesse caso será necessário informar o CPF delas, data de nascimento e o grau de parentesco que possuem com você. Caso seja mulher e chefe de família clique no botão abaixo indicado e depois em continuar.

Passo 6 – Escolher como irá receber o auxílio emergencial

Publicidade

Após clicar em continuar, você irá para uma tela onde deverá escolher se deseja receber o benefício em uma conta bancária ou se prefere abrir uma poupança digital na Caixa.

Se você optar, portanto, por abrir uma poupança digital será necessário informar o seu RG ou número da CNH. Caso deseje, contudo, receber em uma conta bancária será preciso informar todos os seus dados bancários.

Passo 7 – Verificação dos dados

Com tudo preenchido corretamente basta clicar em “concluir sua solicitação”. Pronto. É só acompanhar o andamento do processo para saber quando o auxílio estará disponível na sua conta.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.