Pix começa operações na segunda-feira. Tire aqui as suas dúvidas!

Você conhece o Pix? As chaves do pagamento instantâneo funcionam como a identidade do correntista. Elas podem ser o número do CPF, telefone e e-mail.



Anúncios



Anúncios

Chave Pix

PIX 1 DIA

O Pix começa as operações na segunda-feira (16/11), e a nossa equipe de redação tem recebido muitas dúvidas sobre a rede de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC). Pensando nisso, resolvemos esclarecer alguns pontos importantes neste artigo. 

A insegurança em relação aos fraudes, o conceito sobre chaves e o funcionamento da tecnologia são os assuntos que os leitores têm mais dúvidas. 

Então, não perca mais tempo. Continue lendo o texto e amplie o seu conhecimento sobre o Pix. 

Vamos lá? 



Anúncios



Anúncios

O que são as chaves do Pix? 

As chaves do pagamento instantâneo funcionam como a identidade do correntista. Elas podem ser o número do CPF, telefone e e-mail. O Banco Central também pode gerar uma chave aleatória, caso o usuário não tenha interesse em cadastrar os seus dados pessoais. 

Você pode cadastrar as chaves em qualquer banco. Dentre os mais conhecidos, sugerimos o Bradesco, o Santander e o PagBank. 

No Santander, por exemplo, o correntista pode concorrer a um milhão de reais. Para isso, basta cadastrar as suas chaves no banco. Ao registrar o CPF e o número do celular, você ganha o dobro de número da sorte. 



Anúncios

Como funciona a transferência do dinheiro? 

Imagine que o João quer transferir R$50 para o Lucas por meio do Pix. João deve entrar no aplicativo do banco para efetuar o processo. O ponto positivo é que o João não precisa pedir ao Lucas todos os dados da sua conta. O e-mail, o CPF ou outro tipo de chave já são o suficiente para concluir o processo. 

Uma dica interessante é sempre observar o destinatário quando for fazer o pagamento instantâneo, seja por “boleto” ou QR Code. Assim, você evita fraudes durante o processo. Se o nome do destinatário não estiver correto, recomendamos interromper a transferência imediatamente. 

Veja mais sobre o Pix: 

Qual é o valor da transferência? 

Ela não tem taxas ou tarifas escondidas. A operação terá custos somente para pessoas jurídicas, ou seja, empresas, mas este valor ainda não foi informado para os clientes. 

Todo mundo pode fazer Pix? 

O sistema de pagamento é liberado para todas as pessoas que têm conta em banco, seja uma instituição financeira física ou fintechs – os bancos digitais. Geralmente, o processo de cadastro é rápido e dura menos de dois minutos. 

É possível agendar uma transferência? 

Você pode agendar uma transferência com o Pix. O remetente e o destinatário recebem um comprovante assim que a operação for concluída. 

Quero cancelar o pagamento, o que fazer? 

Aqui, vale um alerta importante. Por ser um serviço de pagamento instantâneo, você deve ter bastante cuidado antes de enviar qualquer dinheiro para um parente, amigo ou colega de trabalho. 



Anúncios

O Banco Central informa que é possível fazer a devolução total ou parcial do dinheiro. Porém, o pedido só é acatado quando a solicitação for feita pelo destinatário. 

O Pix é seguro? 

Sim. Para transferir o seu dinheiro, é necessário entrar no aplicativo do banco. Logo, o cliente ainda conta com todos os recursos de segurança, entre os quais: senha biometria e reconhecimento facial. 

Nunca é demais lembrar que a nova tecnologia tem protocolos de segurança semelhantes ao Sistema Financeiro Nacional, que são utilizados para os pagamentos nas modalidades de TEDs e DOCs. 

Percebeu que o Pix é mais simples do que parece? Ele não é um bicho de sete cabeças. Pelo contrário, o seu principal objetivo é facilitar a relação do consumidor com os meios de pagamento. 

Após descobrir as principais dúvidas sobre o Pix, siga-nos nas redes sociais e conheça outras informações que impactam em suas finanças, como conta digital, cartão de crédito, educação financeira e muito mais!