Pix para e-commerce: o que eu preciso saber

Tem uma loja virtual e quer saber como o pagamento via chave Pix pode te ajudar? Ele traz mais segurança nas transações e pode até melhorar seu fluxo de caixa. Entenda.

Publicidade
Anúncios

Pix para e-commerce

PIX PARCELAMENTO

Provavelmente, você já descobriu diversas curiosidades sobre o Pix. E hoje trouxemos mais uma novidade que promete sacudir o mercado de e-commerce. Isso mesmo. Se você pretende ter uma loja virtual, continue lendo este artigo. 

O Pix pode aumentar as vendas na internet, trazer mais segurança para os clientes e até melhorar o fluxo de caixa.

Mas como o Pix afeta o mercado de e-commerce? 

É isso que vamos discutir a partir de agora.

Anúncios
Publicidade

Vamos lá? 

Como o Pix impacta no e-commerce? 

Desenvolvido pelo Banco Central (BC), o Pix promete mudar a forma como os consumidores lidam com o dinheiro. Você pode fazer transferência em menos de dez segundos em qualquer dia da semana, inclusive, aos sábados, domingos e feriados. 

Publicidade

O processo é mais simples do que parece. Não é necessário informar todos os dados da sua conta bancária para fazer uma transferência. É possível cadastrar uma chave que será utilizada como uma espécie de identificação. Ela pode ser um e-mail, CPF e até o número do seu aparelho móvel. 

É claro que um sistema de pagamento tão moderno iria afetar as compras online, garantindo mais vendas e fidelizando os consumidores. 

A tendência é que o pagamento seja feito de forma mais rápida que os modelos tradicionais, facilitando diversos processos, como a separação dos itens em estoque e o envio da mercadoria para o consumidor. Além disso, será possível parcelar as compras de um jeito simples e prático. 

Publicidade

Sabemos que o cenário é diferente. Quem vende com boleto bancário deve esperar que o pagamento seja concluído para desenvolver as outras etapas. A situação é ainda pior quando o cliente desiste da compra ou não emite o boleto. Uma verdadeira burocracia não é mesmo, caro leitor? 

A segurança é outro ponto que será um destaque com o Pix. O sistema é uma opção de pagamento que não traz riscos para os usuários. Ao contrário do que muita gente imagina, os dados dos clientes não são compartilhados com as pessoas. 

Conheça abaixo outros impactos do Pix para o e-commerce 

Publicidade

Melhora no fluxo do caixa 

O Pix também facilita o fluxo de caixa do seu negócio virtual. O dinheiro da transação entra na mesma hora em sua conta. Assim, ele diminui a necessidade de capital de giro e a busca por novos créditos. 

Redução de custos 

A taxa de juros do Pix será menor que outras opções de pagamento que estão disponíveis no mercado, além da praticidade que ele traz para a rotina do empreendedor. 

Veja abaixo mais informações sobre o Pix: 

Novos clientes 

Você pode conseguir mais clientes com o Pix no e-commerce. Como a transação é mais barata com essa tecnologia, o valor que o empreendedor economiza pode ser transferido em descontos para os clientes. Quanto mais baixo o valor, maiores são as chances de vender um determinado produto. 

O negócio que não se adequar a essa nova mudança terá dificuldades em aumentar o faturamento e reter clientes. Para se ter uma ideia, o Banco Central já registrou cadastro de 57,8 milhões de chaves no Pix


Após descobrir quais são os efeitos do Pix para o e-commerce, siga-nos nas redes sociais e conheça outras notícias que podem impactar o seu negócio.

Publicidade