Planilha financeira 2021: saiba como montar a sua

Você sabia que a planilha financeira ajuda na redução de custos no orçamento doméstico? Descubra todos os benefícios dessa ferramenta e como fazer a sua.

Publicidade
Publicidade

Planilha financeira 2021

planilha financeira

Engana-se quem pensa que uma planilha financeira é uma ferramenta exclusiva para grandes empresas. Ela é essencial para qualquer pessoa e, por isso, vamos mostrar algumas dicas para que você aprenda como construí-la com sucesso. 

Um dos principais benefícios da planilha é que ela ajuda na redução de custos. Por meio dos números, você consegue entender melhor a sua saúde financeira e quais são as dívidas que pode eliminar da sua rotina. 

Outro benefício interessante é a possibilidade de guardar mais dinheiro. Após reduzir os seus gastosé possível reservar parte do investimento para a poupança. 

A planilha financeira também ajuda a atingir as suas metas. Se você tem o desejo de comprar um carro ou fazer uma viagem inesquecível, sabe quais são os recursos necessários para alcançar os objetivos. 

Anúncios
Publicidade

Classifique os seus gastos 

Vamos iniciar as nossas dicas falando sobre a importância de classificar os seus gastos, que podem ser denominados como fixos e variáveis. A primeira lista tem aqueles custos que não mudam, entre os quais: aluguel, mensalidade do carro e da faculdade, condomínio e internet. 

Já nos gastos variáveis, pode-se incluir água, luz, gás, telefone e compras no shopping. Se você tem cachorro, gato ou outro animal em casa, os custos com os bichinhos também devem ser adicionados. 

Publicidade

Em um primeiro momento, essa dica pode parecer simples, porém, ela é muito importante. A partir dessas informações, você consegue entender melhor para onde está indo o seu dinheiro e quais são os gastos que podem ser excluídos da sua rotina.  

Separe uma reserva para investimentos 

Um dos principais erros na hora de montar a planilha financeira é não adicionar o valor dos investimentos ou da quitação de dívidas. O mais indicado é reservar no mínimo 15% dos seus proventos para as duas situações. 

Se você tem dívidas acumuladas, separe esse valor para quitá-las imediatamente. Dê preferência para os boletos com juros maiores. Caso contrário, terá dificuldade para retirar essa pendência do planejamento financeiro. 

Publicidade

Para os leitores que estão com o planejamento no azul, utilize os 15% para uma reserva de emergência ou para investimento. 

Uma dica interessante é guardar o dinheiro em contas digitais. Em algumas opções disponíveis no mercado, como o Nubank, a quantia rende mais que a poupança. 

Use a tecnologia ao seu favor 

Para facilitar a sua organização financeira, você pode contar com o apoio de planilhas online. Para se ter uma ideia, existem alternativas em que o sistema adiciona automaticamente as transações que são feitas com o cartão de crédito. Assim, você consegue cumprir essa tarefa com mais eficiência. 

Publicidade

Dentre as opções mais conhecidas do mercado, encontra-se: Organizze, GuiaBolso, Minhas Economias, Expense IQ e Contas Online. Conheça as características de cada um e escolha aquela opção que tem mais ligação com o seu perfil. 

Veja mais sobre dinheiro em: 

Controle todos os gastos 

Não adianta fazer uma planilha financeira e não acompanhar todos os gastos no decorrer do mês. 

Antes de fazer qualquer compra, verifique os números da ferramenta. Dessa forma, você não corre o risco de tomar um susto no final do mês. 

A planilha financeira é ideal para qualquer pessoa. Comece logo a sua e tenha uma relação mais saudável com o dinheiro.
Após descobrir as principais informações para construir uma planilha financeira, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas importantes, como conta digital, cartão de crédito, investimentos, empréstimos, educação financeira e muito mais.