Portabilidade do Pix: como mudar as minhas chaves para outro banco?

Portabilidade do Pix: quer mudar sua chave de instituição bancária? Você pode fazer o processo sem burocracia e sem custos. Saiba mais a seguir.

Publicidade
Anúncios

Portabilidade do Pix

PIX CHAVES PORTABILIDADE

O Pix, que foi lançado em novembro de 2020, é um meio de pagamento desenvolvido pelo Banco Central. É instantâneo e gratuito, garantindo mais praticidade para o consumidor. 

Para fazer uma operação financeira, você deve cadastrar uma chave. Trata-se de uma identificação que pode ser feita com CPF, CNPJ, número de telefone, e-mail ou chave aleatória (uma código gerado pelo sistema). 

Você pode cadastrar as suas chaves em qualquer banco que aceite pagamentos por meio do Pix. O lado positivo é que o cliente não faz um cadastro vitalício com a instituição financeira quando adiciona a chave. 

Imagine que você cadastrou as chaves em um Banco A. Se tiver interesse em transferir esse dado para outro banco, pode fazer o processo sem burocracia e sem custos. Ele é denominado de portabilidade do Pix. 

Anúncios
Publicidade

Neste artigo, vamos explicar o seu conceito, as principais características, como funciona e como solicitar a transferências das chaves. 

Então, não perca mais tempo. Continue lendo o texto e tire todas as suas dúvidas. 

Publicidade

O que é o Pix? 

O Pix promete mudar a relação do consumidor em relação aos pagamentos de produtos e serviços. Agora, você pode transferir dinheiro a qualquer hora do dia, inclusive, nos finais de semana e feriados. O processo é concluído em menos de dez segundos. 

Essa opção de pagamento é mais rápida e prática que o TED e DOC. É fundamental deixar claro que eles não serão substituídos. Pelo contrário, o consumidor ganha uma alternativa a mais no mercado financeiro. 

O pagamento com o Pix funciona da seguinte forma: Inicialmente, você deve fazer o cadastro das suas chaves no aplicativo do banco. Depois, ao fazer qualquer pagamento, selecione a opção “Pix”. Agora, basta adicionar a chave do remetente para concluir o processo. 

Publicidade

Nunca é demais lembrar que uma mesma chave não pode ser registrada em bancos diferentes. Se você registrou o e-mail no Santander, o Bradesco não aceitará o cadastro dessa chave.

O Pix permite que o usuário faça a mudança de uma chave para outra instituição financeira por meio da portabilidade de chaves.  

Veja mais sobre o Pix: 

Publicidade

Afinal, o que é portabilidade de chaves? 

Trata-se de um processo em que o correntista de um banco A pode transferir a chave cadastrada do Pix para o Banco B. Todas as instituições financeiras devem autorizar a migração de conta, sem restrições.

Como fazer a portabilidade de chaves? 

O correntista deve solicitar a portabilidade de chaves para o banco que deseja transferir o cadastro. 

A alteração é feita pelo DICT. Ele é sistema responsável por integrar as duas instituições e garantir que essa etapa seja executada com eficiência. 

O banco no qual a chave estava registrada inicialmente deverá te enviar uma mensagem para confirmar a troca. Geralmente, ela é encaminhada em até 10 minutos. Depois a instituição deve finalizar a portabilidade em até um minuto. 

Você recebe uma notificação do banco avisando que a migração ocorreu sem problemas. Se a mudança não for autorizada em até sete dias pelo usuário, a portabilidade é cancelada pelo sistema. 

Um dos melhores bancos para transferir as chaves do seu Pix é o Santander. Ao fazer a mudança para essa instituição, você pode concorrer a um milhão de reais. É uma oportunidade única para garantir a independência financeira, fazer uma viagem dos sonhos e quitar todas as suas dívidas. 

Publicidade


Após descobrir as principais informações sobre a portabilidade do Pix, conheça como ele funciona o no Bradesco