Quatro maiores bancos do Brasil lucram R$ 157 bilhões em dois anos!

Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil registraram um lucro de R$ 157,4 bilhões durante os dois últimos anos de pandemia. No entanto, o quadro de desemprego permanece nas instituições.

Publicidade
Anúncios

Lucro bilionário

Lucro bancos

A pandemia foi difícil para muita gente, menos para os quatro maiores bancos do Brasil que juntos registraram um lucro recorde de R$ 157,4 bilhões. As receitas cresceram por conta da elevação dos juros e das tarifas bancárias.

Além disso, outro fator que colaborou para o lucro de Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil, foi o fechamento de agências e a redução de vagas de trabalho. Só o BB fechou 7.076 postos de trabalho em 2021.

O Bradesco também seguiu o mesmo caminho e extinguiu 2.301 vagas, mesmo obtendo um lucro recorde de R$ 26 bilhões. Quer saber mais sobre o lucro das maiores instituições bancárias do Brasil? Vem com a gente!

CARTÃO ITAUCARD CLICK VISA PLATINUM
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO ITAUCARD CLICK VISA PLATINUM

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão repleto de benefícios para você!
Você permanecerá no site atual

Lucros recordes e desemprego

Normalmente quando uma empresa vai bem e costuma dar lucro ela aumenta o seu quadro de funcionários, justamente para ampliar a sua produção. Entretanto, essa mesma lógica não é vista nas instituições bancárias.

Anúncios
Publicidade

Afinal, mesmo diante de lucros recordes, os bancos continuam demitindo e fechando agências bancárias. Conforme antecipamos, o Banco do Brasil fechou 7.076 postos de trabalho e o Bradesco 2.301.

No Itaú Unibanco, que também seguiu demitindo, os funcionários reclamam da sobrecarga de trabalho mesmo diante do aumento de 45% nos lucros da instituição, que já totalizam R$ 26,8 bilhões. Uma verdadeira contradição.

Publicidade

No Santander a situação não é diferente. O banco engordou seus ganhos em R$ 16,3 bilhões ao passo que as despesas com pessoal caíram 1,7% no mesmo período, mesmo o banco tendo anunciado aumento de vagas.


Veja também:


Situação dos bancários no Banco do Brasil

De acordo com Getúlio Maciel, dirigente do Banco do Brasil pela Fetec-CUT/SP e integrante da Comissão Executiva dos Funcionários do BB (CEBB), os resultados positivos dos bancos foram obtidos às custas da saúde dos colaboradores.

Ele salienta que até o mês passado 4 mil funcionários foram contaminados pela Covid-19. Segundo Maciel, o Banco do Brasil apostou na imunidade de rebanho comprometendo a saúde dos funcionários e de seus familiares.

Publicidade

Sobre os cortes, ele afirma que grande parte dos funcionários estão sobrecarregados, acumulando funções e adoecendo. Isso prejudica inclusive o próprio atendimento ao cliente, fator que colabora para orquestrar a privatização do banco.

Afinal, com o sucateamento da instituição, a própria população passa a apoiar a privatização em uma crença de que esse é o caminho para se ter um atendimento de mais qualidade.

Situação dos bancários nos bancos privados

Se no Banco do Brasil a situação não é das melhores, o mesmo acontece nas maiores instituições privadas do país. O Bradesco chegou a fechar 448 agências, aumentando a sobrecarga dos funcionários e a piora no atendimento ao cliente.

Publicidade

No Itaú a situação não é diferente. Afinal, no ano passado o banco aumentou sua base de clientes em 32,5% e a quantidade de trabalhadores cresceu apenas 8%. Os dados mostram como os funcionários estão sobrecarregados, com metas cada vez mais abusivas.

O Santander, que foi um dos primeiros bancos a apresentar seus resultados, teve um lucro líquido de R$ 16,3 bilhões em 2021, um crescimento de 7% em relação a 2020. No entanto, o crescimento do emprego não seguiu a mesma proporção.

A instituição abriu somente 4,2 mil postos de trabalho durante o ano passado, sendo que a maioria foram de profissionais terceirizados. Por conta disso, as despesas com pessoal, incluída a PLR, caíram 1,7% no período.

Dessa forma, a expectativa é que com a chegada dos bancos digitais possa haver um maior equilíbrio entre lucro e geração de emprego no setor bancário brasileiro. Gostou? Então não deixe de compartilhar com todos seus amigos nas suas redes sociais.