Renda Brasil: conheça o mais novo programa social do governo



Anúncios



Anúncios

O governo federal irá lançar neste semestre um novo programa social ainda mais abrangente que o bolsa família: o Renda Brasil.

Este programa que deverá ser lançado em breve está sendo estudado pela equipe econômica do governo, e vai incluir diversos benefícios sociais em um único programa.

Ao que tudo indica o Renda Brasil irá incluir todos os atuais beneficiários do Bolsa Família além de pessoas desempregadas e trabalhadores que hoje exercem atividades informais como autônomos.

A expectativa é que o valor do benefício será bem maior que o valor do Bolsa Família e além disso o governo estuda pagar dois valores diferentes.



Anúncios

Entendendo o programa Renda Brasil

A Associação Brasileira de Indústria de Base (Abdib) promoveu um evento virtual recentemente com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes.



Anúncios

Durante o evento, Guedes afirmou que deseja “dignificar” a atividade dos autônomos no país e que para isso é necessário dar ferramentas para os trabalhadores saírem da assistência social.

Segundo o ministro “qualquer brasileiro que cair, em qualquer momento, ele cai no Renda Brasil. Mas, se ele não tiver mutilações físicas, defeitos que o impeçam, essa queda é temporária, emergencial”.

Guedes ainda afirmou que “às vezes o beneficiário é um idoso, mutilado, que vende bala no sinal, aí talvez não consiga ser empregado e merece ser amparado no Renda Brasil. Mas, o jovem pode ter caído emergencialmente. Temos que ter as ferramentas para ele sair da assistência social”.

De acordo com o ministro, o Renda Brasil irá englobar programas sociais existentes e terá um valor mais alto do que o Bolsa Família.

Sendo assim, a reformulação do programa pretende fazer pagamentos para cada beneficiário de R$ 200 a R$ 300 reais mensais.



Anúncios

Desse modo, o benefício médio passaria dos atuais R$ 190,16 que é pago pelo Bolsa Família e irá para R$ 232,31 no programa Renda Brasil.

Renda Brasil poderá pagar até dois benefícios

Além do aumento no valor, algumas pessoas poderão também receber dois valores no novo Renda Brasil. Portanto, a equipe econômica pretende criar um voucher de R$ 250 por mês para crianças atendidas pelo programa.

Esse voucher seria destinado para o pagamento de creches ou de escolas. Dessa forma, além do valor do benefício que vai até R$ 300, o beneficiário ainda pode receber até R$ 250 extra caso tenha criança em idade de creche.

Esse é o pontapé inicial para o programa de renda única universal que tanto está se falando na atualidade, não só no Brasil como no mundo.


Veja também:



Anúncios

Novo TIM Controle: conheça a parceria entre a TIM e o C6 Bank

Auxílio Emergencial: Receita Federal e Governo assinam acordo para identificar fraudes

Auxílio Emergencial: 23 milhões de domicílios melhoraram o padrão de vida


Programa de Renda Única Universal

A pandemia de coronavírus veio acender recentemente um debate antigo entre as autoridades dos mais variados países do mundo.

Afinal, com uma queda brusca no PIB mundial, muitas pessoas se viram sem renda neste momento e dessa forma acabaram tornando-se inadimplentes.



Anúncios

Diante de um cenário estarrecedor, economistas, sociólogos e políticos começaram a debater novamente o papel do Estado na economia.

Se até então, o mundo estava avançando para uma menor participação do Estado, agora é preciso repensar algumas questões. Uma delas é a renda única universal.

Afinal, se todos os países adotarem programas parecidos, certamente, uma nova crise como essa será menos sentida pelas pessoas. Principalmente por profissionais liberais que possuem ainda menos segurança.

Caso o Programa Renda Brasil seja realmente anunciado neste ano, o Brasil dará um importante passo que poderá vir a ser exemplo para outros países no mundo.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.



Anúncios