Saque emergencial do FGTS começa hoje (15/06)



Anúncios



Anúncios

Quem tem algum saldo em contas ativas ou inativas do FGTS, poderá fazer o saque emergencial a partir de hoje (15/06).

No entanto, o recebimento do valor será por meio de uma poupança digital que será aberta automaticamente pela Caixa Federal.

Com essa decisão, o governo federal espera poder movimentar a economia do país, e ajudar a diminuir o recesso econômico previsto para este ano.

Afinal, milhares de pessoas perderam a renda, ou parte dela, por conta do isolamento social que está afetando suas atividades econômicas.



Anúncios

Caixa irá abrir poupanças digitais para o saque emergencial

Para que o saque emergencial pudesse começar a partir de hoje, foi publicado no último sábado (13) uma medida provisória autorizando a abertura automática de poupanças digitais da Caixa Econômica Federal.



Anúncios

Dessa maneira, todos os trabalhadores que possuem contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), poderão receber até R$ 1.045.

Esse é o valor máximo permitido para saque, independente de quantas contas o beneficiário tiver. No entanto, se a pessoa tiver um valor inferior a esse, poderá sacar todo o valor disponível do Fundo.

De acordo com estimativas do próprio banco, cerca de 60 milhões de pessoas terão direito ao saque. Dessa maneira, será injetado aproximadamente R$ 37,8 bilhões na economia nos próximos dias.


Veja também:

Saiba como funciona o cartão Caixa Internacional



Anúncios

Renda mínima será aprovada no Brasil após a pandemia?

Pagamentos digitais crescem durante a quarentena


Como vai funcionar o saque emergencial do FGTS?

De acordo com a Medida Provisória que foi publicada no último sábado (13), o dinheiro vai ficar disponível na conta digital até o dia 30 de novembro.

Esse valor, em um primeiro momento está livre para ser transferido ou usado para compras. Contudo, para fazer o saque em uma agência da Caixa é preciso seguir o calendário do governo.

Desse modo, os depósitos para o saque emergencial do FGTS deverão começar no dia 29 de junho e se estender até o dia 21 de setembro, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário.



Anúncios

O mesmo procedimento que foi usado para o auxílio emergencial valerá para o saque do FGTS. Ou seja, por conta da MP 982/2020, o uso das contas digitais será ampliado para o saque emergencial do FGTS.

Principal objetivo desta medida é evitar aglomerações

De acordo com a própria MP, não haverá nenhum tipo de cobrança ou tarifa para a realização do saque emergencial ou pelo uso da poupança digital automática.

Lembrando, que os beneficiários poderão somente realizar uma única transferência gratuita por mês, onde o valor do FGTS pode ser transferido para contas de qualquer outro banco.

A Caixa esclareceu que essa medida é importante para evitar aglomerações, sendo que o momento atual exige o distanciamento social como medida de prevenção à Covid-19.

Medidas visam minimizar os impactos econômicos

Essa é mais uma medida que foi adotada pelo Governo Federal para ajudar a minimizar os impactos econômicos que foram causados pela pandemia de coronavírus.



Anúncios

Embora a quarentena já esteja dando lugar a uma reabertura gradual de algumas atividades econômicas, ainda é muito cedo para dizer quando realmente a economia voltará com tudo ao normal.

Possivelmente isso só acontecerá quando uma cura ou uma vacina efetiva for lançada. Até lá, as empresas precisam retomar seguindo à risca todas as medidas preventivas necessárias para se evitar o contágio.

Espera-se que por meio dessas ajudas governamentais, o país sinta menos a crise econômica, e que a retomada após a pandemia seja mais rápida do que o esperado.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.