Auxílio emergencial – Divulgado o novo calendário de pagamento

A Caixa Federal divulgou o novo calendário de pagamento do Auxílio Emergencial que deverá começar na próxima semana. Confira.

Publicidade
Anúncios

Auxílio emergencial

auxilio emergencial caixa economica federal 2020

Na tarde de ontem (15/05) a Caixa Federal divulgou o novo calendário de pagamento do Auxílio Emergencial que deverá começar na próxima semana.

No entanto, houve uma mudança no formato do pagamento do auxílio. Agora, portanto, todos os beneficiários irão receber por uma poupança social digital da Caixa.

Isso quer dizer que será necessário, dessa forma, usar o aplicativo Caixa TEM para movimentar o dinheiro, inclusive quem recebeu a primeira parcela indicando um outro banco.

A única exceção, contudo, se dá para os beneficiários do bolsa família que continuarão recebendo o auxílio da mesma forma habitual de sempre.

Anúncios
Publicidade

Mudanças no pagamento do auxílio emergencial

Se no pagamento da primeira parcela quem indicou uma conta corrente na Caixa ou em qualquer outro banco recebeu por essa conta, agora a regra mudou.

Na segunda parcela todos os beneficiários irão, portanto, receber o valor por meio de uma poupança social digital que será aberta na Caixa Federal.

Publicidade

Em um primeiro momento, porém, os recursos podem ser usados somente para pagar contas, boletos e até mesmo realizar compras por meio de um cartão de débito virtual.

Posteriormente, em um segundo momento, de acordo com o calendário divulgado, os recursos serão transferidos automaticamente para a conta indicada pelo trabalhador.

A mudança trouxe, contudo, diversas críticas, inclusive do presidente da Federação das Associações do Pessoal da Caixa Federal (Fenae), Sérgio Takemoto.

Publicidade

De acordo com Takemoto, isso vai provocar uma corrida ainda maior às agências, gerando mais caos do que aconteceu na primeira parcela.

No entanto, de acordo com a Caixa, essa nova sistemática e o novo cronograma, irão reduzir a procura diária nas agências da Caixa e por consequência, as filas.


Veja também:

Publicidade

Cronograma para receber a segunda parcela – Bolsa Família

Ontem (15/05) a Caixa divulgou cronograma para o recebimento do auxílio emergencial. Serão, portanto, três calendários diferentes: um para os beneficiários do bolsa família, um para uso digital e outro para saques e transferências.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o cronograma vai, todavia, seguir a ordem de acordo com o número final do NIS. Portanto, o pagamento será:

– 18/05 – Final 1;

– 19/05 – Final 2;

– 20/05 – Final 3;

– 21/05 – Final 4;

Publicidade

– 22/05 – Final 5;

Publicidade

– 25/05 – Final 6;

– 26/05 – Final 7;

– 27/05 – Final 8;

– 28/05 – Final 9;

– 29/05 – Final 0.

Publicidade

Cronograma para receber a segunda parcela do auxílio emergencial – demais beneficiários

Diferente do bolsa família, os demais beneficiários irão receber o benefício em dois cronogramas, sendo que o primeiro só servirá para movimentações online como pagamento de boletos e compras com o cartão de débito virtual.

Já em um segundo momento o dinheiro estará disponível para saques e para transferência para as contas que foram cadastradas anteriormente.

O cronograma para recebimento que possibilita as transações digitais será, dessa forma, o seguinte:

– 20 de maio para quem nasceu em janeiro e fevereiro;

– 21 de maio para quem nasceu em março e abril;

Publicidade

– 22 de maio para quem nasceu em maio e junho;

Publicidade

– 23 de maio para quem nasceu em julho e agosto;

– 25 de maio para quem nasceu em setembro e outubro;

– 26 de maio para quem nasceu em novembro e dezembro.

Por fim, o dinheiro que sobrar nas contas digitais pode ser sacado ou transferido para uma conta em qualquer outro banco no seguinte calendário:

– 30 de maio para quem nasceu em janeiro;

– 1 de junho para quem nasceu em fevereiro;

Publicidade

– 2 de junho para quem nasceu em março;

– 3 de junho para quem nasceu em abril;

– 4 de junho para quem nasceu em maio;

Publicidade

– 5 de junho para quem nasceu em junho;

– 6 de junho para quem nasceu em julho;

– 8 de junho para quem nasceu em agosto;

Publicidade

– 9 de junho para quem nasceu em setembro;

– 10 de junho para quem nasceu em outubro;

– 12 de junho para quem nasceu em novembro;

– 13 de junho para quem nasceu em dezembro.

Agora que você já sabe como ficou o cronograma de recebimento é só se organizar para então usar o seu auxílio emergencial.

Gostou dessa notícia? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Publicidade