Startup Eu Me Banco lança novos cursos de investimentos

Conheça a startup Eu Me Banco: foco na capacitação global do agente autônomo de investimentos nas habilidades que são exigidas pelo mercado.

Publicidade
Anúncios

Startup Eu Me Banco

Eu Me Banco

Você sonha em se tornar um agente autônomo de investimentos? Então saiba que a startup Eu Me Banco pode ajudar você a realizar este sonho.

A educação financeira é um tema que está crescendo bastante no Brasil. Ainda mais agora com a pandemia de coronavírus, muitas pessoas foram obrigadas a reverem suas finanças.

No entanto, em um país onde não há uma matéria na escola sobre o tema, muita gente está buscando empresas dispostas a repassar esse conhecimento.

De olho neste mercado, a startup Eu Me Banco, criada pelo professor e economista Fábio Louzada, está aumentando o seu nicho de atuação.

Anúncios
Publicidade

A empresa, possui um curso com Certificação ANCORD, para quem quer se tornar um agente autônomo de investimentos (AAI). Essa é uma profissão que está crescendo bastante nos últimos anos.

Startup Eu Me Banco tem projeto inédito no Brasil

A startup Eu Me Banco está lançando um projeto inédito no Brasil, intitulado de “Projeto de formação de AAI”. Este projeto busca preparar os alunos para esse mercado do futuro.

Publicidade

A ideia central do projeto é focar na capacitação global do agente autônomo de investimentos nas habilidades que são exigidas pelo mercado.

De acordo com Fábio Louzada, existem muitos profissionais que trabalham em banco e que estão vendo na Certificação ANCORD o início de uma nova fase em suas carreiras.

Essa é uma oportunidade de empreender no mercado financeiro assessorando investidores e também intermediando a negociação dos produtos ofertados pelas corretoras.

Publicidade

Desse modo, a Eu Me Banco, irá dar acesso pelo período de um ano para os profissionais que queiram participar do projeto através do ensino a distância, do curso preparatório para Certificação ANCORD, do curso HP12C, e do curso AAI na Prática.

Este último módulo é inédito e conta com mais de 40 horas de conteúdos voltado para o ensino de capacidades técnicas, comerciais, de planejamento patrimonial e de empreendedorismo, fundamental para o sucesso do agente autônomo.

Louzada destaca que esse projeto é necessário para consolidar o mercado de AAI no Brasil. Afinal, o país ainda está anos luz atrás de países como os Estados Unidos, onde a prática dos agentes autônomos é mais consolidada.

Publicidade

Mentoria e assessoria de carreira

Um dos diferenciais da Eu Me Banco é que ela é a startup educacional com maior oferta de cursos e conteúdos para formação de profissionais nessa área de investimentos no Brasil.

Porém, segundo Louzada,o principal diferencial da Eu Me Banco não é o volume de aulas, mas sim as entregas que são feitas além do curso.

Afinal, os alunos recebem mentoria de grandes nomes do mercado de AAI no Brasil como Felipe Martins Passero que é sócio do InvestSmartXP e de Rodrigo Azevedo que é gestor da GT Capital, além de outros nomes.

Fora isso, os participantes ainda são acompanhados de perto pelos professores e profissionais associados a Eu Me Banco. Toda semana eles entram em contato com os alunos em reuniões pelo aplicativo Zoom.


Veja também:


Inovação da Eu Me Banco

Na última semana a Eu Me Banco passou a fazer um esquenta para os alunos com interesse em ingressar nessa profissão.

Publicidade

A startup fez uma maratona de lives e simulados, e a partir desta terça-feira (28) as matrículas já estarão abertas para o projeto de formação de AAI.

Publicidade

Para quem tem interesse em se cadastrar na lista de espera e saber mais informações sobre o projeto, é só acessar esse link e tirar todas as suas dúvidas.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.