Tenha mais dinheiro em 2022. Saiba como começar a investir parte da sua renda

Começar a investir exige uma verdadeira mudança no comportamento e na sua relação com o dinheiro. Embora em um primeiro momento pareça difícil, a verdade é que com o tempo o hábito se torna prazeroso.

Publicidade
Anúncios

Investimentos

investir em 2022

O final do ano sempre é uma época que estamos mais propensos a gastar. Entretanto, quando janeiro se inicia é aquela montanha de contas para pagar que acaba até nos deixando loucos, não é verdade?

Por mais difícil que possa parecer o equilíbrio das finanças, a verdade é que com disciplina e organização é possível começar a investir dinheiro. Até porque, o mundo dos investimentos está cada vez mais acessível e democrático.

Só para ter uma ideia, hoje é possível fazer aplicações em títulos do tesouro direto com pouco mais de R$ 30. Para investir em ações e fundos de investimentos não é necessário mais do que R$ 100. Quer saber mais? Vem com a gente.

CARTÃO BANCO PAN
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO PAN

CASHBACK
 
PONTOS
Use mais, pague menos e controle tudo pelo App!
Você permanecerá no site atual

Como começar a investir?

O primeiro passo para começar a investir é organizar o seu orçamento. Dessa forma, o que você precisa fazer primeiramente é marcar todos os seus ganhos e gastos mensais e procurar deixar 20% do seu orçamento livre.

Anúncios
Publicidade

Um bom método é o 50-30-20. Nele você deixa 50% dos seus ganhos para pagar contas básicas como aluguel, prestação da casa, força etc. 30% você destina para lazer e 20% você deixa para investir.

Se você tiver dívidas, o ideal é usar esses 20% para quitá-las. E a partir do momento que você já não tiver mais dívidas, então você poderá começar a investir. O primeiro passo na sua jornada de investimentos é construir a sua reserva de emergência.

Publicidade

Veja também:


Como construir a reserva de emergência?

A reserva de emergência deve corresponder a aproximadamente 6 meses dos seus gastos. Por exemplo, vamos imaginar que você ganhe R$ 2 mil, e vai deixar 50% para gastos fixos e 30% para gastos variáveis.

Então, dos R$ 2 mil que você ganha, o seu gasto é de R$ 1.600. Ao multiplicar esse valor por 6, teremos o montante de R$ 9.600. Essa é a quantidade que você precisa ter na sua reserva de emergência.

Nesse exemplo que demos, como você está guardando R$ 400 que correspondem a 20%, vai demorar 24 meses para juntar a sua reserva. Uma vez com ela juntada, então você começa a pensar em novos objetivos para investir.

Onde devo construir a minha reserva de emergência?

Publicidade

A reserva de emergência precisa ser construída em um ativo de alta liquidez e baixo risco. Dentre as opções mais viáveis estão o Tesouro Direto, o CDB com resgate automático e até mesmo a Poupança.

Vale destacar que o CDB possui garantia pelo FGC de até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira. Isso quer dizer que se a instituição falir, você recebe de volta até esse valor. Por exemplo, se você tiver R$ 30 mil aplicado, receberá os R$ 30 mil, se tiver R$ 300 mil, receberá só R$ 250 mil que é o teto em caso de falência do banco.

O Tesouro Direto não tem garantia FGC, mas ele é garantido pelo próprio governo federal, por isso também é considerado um investimento seguro de baixo risco. Com a reserva de emergência construída, então você pode pensar em começar arriscar mais.

Publicidade

Outras possibilidades de investimentos

Assim que você construir a sua reserva de emergência, pode então começar a pensar em outras possibilidades de investimento de acordo com o seu perfil. Se você for mais ousado, poderá investir em ativos de maior risco.

Nesse caso, opções também não faltam. Até porque, hoje em dia não é preciso ter muito dinheiro para comprar ações de empresas, criptomoedas, cotas de fundos de ações, dentre outros.

Esses ativos poderão garantir uma rentabilidade maior no longo prazo, entretanto, é preciso entender que por serem ativos de risco, você poderá também perder com eles. Por isso é preciso bastante cuidado.

O importante é que você comece a ter o hábito de guardar dinheiro. Mesmo que no início seja difícil guardar 20% do orçamento, procure guardar o quanto você conseguir. Essa é uma boa maneira de começar a construir sua independência financeira.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.