Três dicas para começar a investir na Bolsa de Valores. Confira!

Investir na Bolsa de Valores está se tornando cada vez mais popular. No entanto, é preciso ter cuidado e estudar bastante antes de começar a investir para que o sonho não se torne um pesadelo.

Publicidade
Anúncios

Bolsa de Valores

investir na Bolsa de Valores

Até algum tempo atrás investir na Bolsa de Valores era considerado um verdadeiro mistério para grande parte da população brasileira. No entanto, nos últimos anos o que estamos vendo é um aumento no número de investidores.

De acordo com dados divulgados pela própria B3, em junho deste ano a Bolsa brasileira atingiu a marca de 3,2 milhões de investidores pessoa física, o que representou uma alta de 45,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Contudo, apesar do crescimento expressivo, esse número ainda é bastante baixo quando comparado ao número de habitantes que possui o nosso país. Afinal, muita gente tem dificuldade em entender como a B3 funciona.

CARTÃO ITAUCLICK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO ITAUCLICK

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão repleto de benefícios para você!
Você permanecerá no site atual

Como começar a investir na Bolsa de Valores?

Para esclarecer esse enigma, o analista de ações e consultor financeiro da Kinvo, Beto Assad, diz que é preciso se informar antes de começar a investir. Afinal, o principal erro é o investimento sem base nenhuma.

Anúncios
Publicidade

Ele esclarece que existem muitos investidores que se baseiam em dicas, notícias e achismos. “Muita gente investe sem conhecer os custos envolvidos, os tipos de proventos a que tem direito, e acabam perdendo dinheiro às vezes por puro desconhecimento do mercado”, enaltece o especialista.

Com o intuito de ajudar esses investidores a entenderem melhor o mundo dos investimentos antes de embarcar na compra de ativos, ele dá 3 dicas essenciais para não errar no momento de investir.

Publicidade

Veja também:


1 – Conheça o seu perfil de risco

Conhecer o perfil de risco é o primeiro passo antes de começar a investir. O especialista destaca que nem todos os investidores são capazes de ver o seu capital flutuando em ações na Bolsa de Valores.

Por isso, é preciso avaliar qual é a sua tolerância ao risco, que geralmente pode ser dividida em perfil conservador, moderado e arrojado. Nesse caso, o perfil conservador não é muito indicado para investimentos em renda variável.

Já  os investidores com perfil moderado e mais arrojado possuem menos aversão ao risco e saberão lidar melhor com o sobe e desce das ações, evitando assim prejuízos financeiros que podem comprometer todo o patrimônio.

2 – Estude profundamente o mercado de ações

Publicidade

Uma outra dica que o especialista nos dá é estudar o funcionamento do mercado, entender o que são as ações e como elas podem te dar ou fazer você perder dinheiro também. Ele esclarece que existem muitos materiais que podem ajudar nesse sentido.

Dessa forma, ler newsletter, participar de cursos, palestras e procurar se aprofundar um pouco mais no assunto, pode ajudar bastante os investidores iniciais a encontrarem as melhores opções de investimentos nesse momento.

Muitas pessoas acreditam que investir na Bolsa de Valores é sinônimo de ganhar dinheiro fácil, e isso nem sempre é uma verdade. É importante saber fazer análises técnicas e fundamentalistas para não perder dinheiro nesse mercado.

Publicidade

3 – Defina qual será o seu estilo de investidor

Uma vez que você passou a entender como funciona o mecanismo do mercado é só definir como você pretende atuar. Ou seja, qual será a sua estratégia: se irá investir em busca de dividendos, se irá fazer trade e por aí vai.

Existem várias maneiras de ganhar dinheiro com renda variável, para encontrar qual é a melhor é preciso levar em consideração o tempo que você terá para atuar durante o dia, o conhecimento que possui em análise etc.

Todos os investidores quando entram na B3 estão em busca de lucros. Entretanto, para realmente conseguir fazer o dinheiro render de forma desejável, é preciso encontrar o seu perfil e a melhor forma de investir.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.