Última parcela do auxílio emergencial: fique de olho nas datas de recebimento

O Auxílio Emergencial que ajudou milhares de brasileiros a enfrentar a pandemia de Covid-19 com menos dificuldade está chegando ao seu final. O governo já divulgou o calendário da última parcela.

Publicidade
Anúncios

Auxílio Emergencial

auxilio emergencial

O Auxílio Emergencial é um benefício que foi criado para ajudar as pessoas mais vulneráveis durante a pandemia de Covid-19. Com duração de mais de um ano, o benefício está se encaminhando ao seu final.

As primeiras parcelas do benefício foram concedidas no valor de R$ 600. Com o tempo o valor foi caindo, e na última rodada do auxílio emergencial o governo liberou sete parcelas entre R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil do beneficiado.

Quem mora sozinho recebeu R$ 150, já os representantes de grupo familiar receberam R$ 250 e as mães solteiras chefes de famílias monoparentais receberam o valor de R$ 375. Quer saber mais? Vem com a gente.

CARTÃO BANCO INTER
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO INTER

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Função débito e crédito sem taxas e crédito internacional
Você permanecerá no site atual

Como funciona o Auxílio Emergencial?

A última rodada do auxílio emergencial começou a ser paga no mês de abril deste ano, sendo que inicialmente seriam concedidas 4 parcelas. Por conta do atraso na vacinação, foram concedidas mais 3 parcelas.

Anúncios
Publicidade

Tem direito ao benefício os desempregados, trabalhadores autônomos, beneficiários do bolsa família, microempreendedores individuais e cidadãos de baixa renda inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Os recebimentos são feitos por meio de uma poupança social digital na Caixa que é gerenciada pelo App Caixa Tem. Essa plataforma permite que os beneficiários paguem boletos, façam compras com o cartão de débito virtual, recarga de celular e transferências.

Publicidade

Veja também:


Como é feito o pagamento do Auxílio Emergencial?

Para pagar o Auxílio Emergencial, a Caixa Federal organizou o calendário em dois grupos: público-geral e beneficiários do Bolsa Família. Quem receberá primeiro nesta semana serão os beneficiários do Bolsa Família.

O cronograma para esse grupo é feito com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS). No dia de ontem foram feitos os últimos depósitos para o NIS final 0, sendo que os beneficiários podem sacar ou transferir as quantias no mesmo instante.

Já o público geral vai receber a sexta parcela até o dia 03 de outubro, que é quando os aniversariantes do mês de dezembro irão receber. Para esse público, há um outro calendário de saques que é divulgado na sequência.

Publicidade

Os valores para sacar em espécie ou transferir via TED e DOC seguirão um cronograma que vai do dia 04 a 19 de outubro. Já a última parcela está prevista para ser liberada entre os dias 18 a 29 de outubro para os beneficiários do Bolsa Família.

Para o público-geral a sétima parcela do Auxílio Emergencial será paga entre os dias 20 a 31 de outubro, sendo que a rodada atual será definitivamente concluída com o calendário de saques que entrará em vigor entre os dias 1º a 19 de novembro.

Quando serão feitos os pagamentos da sétima parcela?

Conforme antecipamos, começam a receber a sétima parcela do auxílio os beneficiários do Bolsa Família. Os pagamentos começam no dia 18 para quem tem o NIS final 1, dia 19 para o NIS final 2, 20 para o final 3, 21 para o final 4, 22 para o final 5, 25 para o final 6, 26 para o final 7, 27 para o final 8, 28 para o final 9 e 29 para o final 0.

Publicidade

Para o público geral, o benefício começa a ser pago no dia 20 de outubro para quem nasceu em Janeiro, 21 de outubro para quem nasceu em fevereiro, 22 para os nascidos em março, 23 em abril e maio, 26 em junho, 27 em julho, 28 em agosto, 29 em setembro, 30 em outubro e novembro e 31 em dezembro.

Portanto, fique atento para não perder o prazo. Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.