Vamos conseguir nos bancar até os 100 anos? Entenda!

Tanto a ciência quanto a tecnologia estão colaborando para aumentar a expectativa de vida das pessoas. Mas com tanta gente vivendo mais, um dilema surge: como faremos para nos manter financeiramente?

Publicidade
Anúncios

Viver até os 100 anos

Viver até os 100 anos

Se a gente olhar um pouco para trás, vamos ver que a expectativa de vida da população era bem menor. Aos poucos, com o avanço da tecnologia e da ciência, a humanidade está vivendo mais, e aí vem uma preocupação: como vamos nos bancar?

A busca pela imortalidade humana é algo que não vem de hoje. Inclusive, esse é um tema que já se tornou um clássico do cinema e da literatura. No entanto, apesar de não conseguir atingir a imortalidade, o ser humano está conseguindo prorrogar a sua vida.

No entanto, há um grande problema: com o aumento da expectativa de vida, como faremos para nos bancar por tanto tempo se a gente aposentar aos 65 anos? Essa é uma questão econômica que preocupa os especialistas.

CARTÃO NUBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO NUBANK

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão na medida para você!
Você permanecerá no site atual

Como fazer para se bancar até os 100 anos?

De acordo com uma estimativa da ONU, até 2100 teremos aproximadamente 25 milhões de centenários no mundo. Esse número é 55 vezes maior do que os que existiam sobre a face da terra no ano de 2015.

Anúncios
Publicidade

Entretanto, com tanta gente vivendo por mais tempo, isso traz um verdadeiro impacto econômico. E aí vem a pergunta: como se preparar financeiramente para uma vida tão longa? A resposta pode estar no planejamento financeiro.

Hoje a Previdência Social recolhe o valor dos trabalhadores ativos para sustentar os aposentados que no passado colaboraram para outros aposentados e por aí vai. O grande problema é que com o aumento da expectativa de vida, e com os casais tendo menos filhos, esse sistema se torna deficitário.

Publicidade

Pode chegar o momento dele simplesmente ser insustentável. E então, como faremos para nos bancar? Diante de um problema tão grave, fica evidente a necessidade de pensar no futuro, procurando por investimentos sólidos de longo prazo.


Veja também:


E só isso será suficiente para garantir o futuro?

Por se tratar de um problema novo, ainda há muitas dúvidas sobre como ele poderia se resolver. Afinal, com uma população envelhecida haverá mais necessidade de gastos médicos e menos produção na economia.

Por isso, apesar do planejamento presente para o futuro, o envelhecimento da população ainda é um dilema que intriga muitos pesquisadores. Para o economista e pesquisador alemão Axel Börsch-Supan, uma idade fixa para aposentadoria não será mais suficiente.

Publicidade

No entanto, ele também acredita que não é razoável fazer as pessoas trabalharem até o esgotamento das suas forças. O grande problema é como determinar até quando uma pessoa deverá trabalhar.

Podemos dizer que esse é um desafio de todos nós como sociedade, uma vez que a solução não envolve somente ter uma reserva para se manter no final da vida, como também avanço da ciência e tecnologia para baratear despesas médicas.

Planos de previdência privada podem ser alternativa

Uma boa alternativa para ajudar nas finanças futuras são os planos de previdência privada que funcionam diferente da previdência social. Nesse caso, a pessoa que está ativa está juntando um dinheiro para se manter na velhice.

Publicidade

Contudo, a preocupação é: por quanto tempo uma pessoa conseguirá se manter com as reservas juntadas durante sua vida? Claro que tudo dependerá da sua classe social, mas nesse caso, as camadas mais baixas da sociedade enfrentariam mais problemas.

Enquanto o problema não consegue ser solucionado, cabe a cada um pensar um pouco mais no futuro buscando construir uma reserva financeira para garantir mais solidez para se sustentar quando a idade já não mais permitir a você trabalhar.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.